sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

FELIZ 2011!

SEJAM FELIZES... Afinal é isso o mais importante... SER FELIZ!
Desejo-vos apenas tudo o que desejo para mim, Algures onde apenas eu sei...
FELIZ 2011!!!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Para sorrir... Fleetwood Mac - Everywhere


Fleetwood Mac - Everywhere
Can you hear me calling
Out your name
You know that I'm falling
And I don't know what to say

I'll speak a little louder
I'll even shout
You know that I'm pround
And I can't get the words out

Oh I...
I want to be with you everywhere
Oh I...
I want to be with you everywhere
(Wanna be with you everywhere)

Something's happening
Happening to me
My friends say I'm acting peculiarly
C'mon baby
We better make a start
You better make it soon
Before you break my heart

Oh I...
I want to be with you everywhere
Oh I...
I want to be with you everywhere
(Wanna be with you everywhere)

Can you hear me calling
Out your name
You know that I'm falling
And I don't know what to say

Come along baby
We better make a start
You better make it soon
Before you break my heart

Oh I...
I want to be with you everywhere
Oh I...
I want to be with you everywhere
Oh I...
I want to be with you everywhere
Oh I...
I want to be with you everywhere
(Wanna be with you everywhere)

Músicas...

Há músicas que nos transportam a locais belos, pessoas queridas, pensamentos agradáveis e sentimentos bonitos...

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Do significado do meu nome... By Facebook

Significado do nome XYZ
Do latim "pai, avô, peixe". Muito ambicioso, vai realizar-se profissionalmente. Em sociedade, é muito autêntico mas consegue integrar-se com facilidade. Sentimentalmente é exigente e um pouco retraído preferindo uma relação segura e duradoura, mesmo que tenha que esperar bastante tempo por ela. Mantém as amizades que desenvolve.
 
E não é que é verdade?!

...

E aguardo impacientemente que o telemóvel toque...

Abraço

Sinto que precisa(va)s de um Abraço. Tão somente um Abraço... E esses conseguem ser tão aconchegantes quando as palavras, essas, parecem tão nuas e desprovidas de sentimento...

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Algures onde apenas eu sei... 2 anos... PARABÉNS!

Pois é, faz hoje dois anos que comecei a transcrever os meus pensamentos e sentimentos. Não em conversas, não em papel, mas sim para um ecrã. Foi aqui que tudo começou há dois anos e continuo a achar que a vida é como uma caixa de chocolates. Qundo a abrimos nunca sabemos o que vamos encontrar e assim tem sido a minha vida nos últimos dois anos, a abrir caixas e a reagir às surpresas. Isso é viver...
Estou com pouca vontade de escrever e, tal como outros bloggers, queixo-me da falta de tempo e de imaginação e porque não dizer, da falta de vontade. Um blogger é um escritor, bom ou mau não interessa! Diz ou escreve o que lhe vai na alma ou na imaginação, e quando estas estão "limitadas" por algum facto, a sua escrita ressente-se. Ando demasiado Algures onde apenas eu sei...
Obrigado aos que continuam a vir a este espacinho, sabe bem tê-los por cá e sintam-se sempre bem vindos, fazem parte da "casa" e vejo-os como tal. Não como uma mobília estática, mas sim como um espaço de libertação e descanso da Alma. É assim que o procuro ver, embora nem sempre o consiga fazer...
Hoje precisava de estar Algures onde apenas eu sei... embora não o consiga fazer.
Parabéns ao meu blogue e a vocês que me "ouvem" há dois anos...
Algures onde apenas eu sei...

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Assustadoramente real... James - Out to get you


James - Out to get you
I'm so alone tonight
My bed feels larger than when I was small
Lost in memories, lost in all the sheets and all old pillows
So alone tonight, miss you more than I will let you know
Miss the outline of your back, miss you breathing down my neck
All out to get you, once again, they're all out to get you, once again

Insecure, what ya gonna do
Feel so small, they could step on you
Called you up, answer machine, when the human touch
Is what I need, what I need is you, I need you

Looked in the mirror, I don't know who I am any more
The face is familiar, but the eyes, the eyes give it all away
They're all out to get you, once again, they're all out to get you
Here they come again

Insecure, what ya gonna do
Feel so small, they could step on you
Called you up, answer machine, when the human touch
Is what I need, what I need is you
Let me breathe, if you'd let me breathe
They're all out to get you, once again, they're all out to get you

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal...

Desejo-vos tudo o que desejo para mim. Amem, partilhem e sejam felizes...
Feliz Natal Algures onde vocês estejam... 

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Espelho da Alma...

Por vezes queremos guardar segredos ou esconder estados de espírito, mas somos nós próprios os que mais devemos "temer" relativamente ao que revelamos. Dizem que os olhos são um espelho da alma, e hoje os meus olhos traíram-me...

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Só um Mundo de Amor pode Durar a Vida Inteira - Por Miguel Esteves

Só um Mundo de Amor pode Durar a Vida Inteira

Há coisas que não são para se perceberem. Esta é uma delas. Tenho uma coisa para dizer e não sei como hei-de dizê-la. Muito do que se segue pode ser, por isso, incompreensível. A culpa é minha. O que for incompreensível não é mesmo para se perceber. Não é por falta de clareza. Serei muito claro. Eu próprio percebo pouco do que tenho para dizer. Mas tenho de dizê-lo.

O que quero é fazer o elogio do amor puro. Parece-me que já ninguém se apaixonade verdade. Já ninguém quer viver um amor impossível. Já ninguém aceita amar sem uma razão. Hoje as pessoas apaixonam-se por uma questão de prática. Porque dá jeito. Porque são colegas e estão ali mesmo ao lado. Porque se dão bem e não se chateiam muito. Porque faz sentido. Porque é mais barato, por causa da casa. Por causa da cama. Por causa das cuecas e das calças e das contas da lavandaria.

Hoje em dia as pessoas fazem contratos pré-nupciais, discutem tudo de antemão, fazem planos e à mínima merdinha entram logo em "diálogo". O amor passou a ser passível de ser combinado. Os amantes tornaram-se sócios.Reúnem-se, discutem problemas, tomam decisões. O amor transformou-se numa variante psico-sócio-bio-ecológica de camaradagem. A paixão, que devia ser desmedida, é na medida do possível. O amor tornou-se uma questão prática. O resultado é que as pessoas, em vez de se apaixonarem de verdade, ficam "praticamente" apaixonadas.

Eu quero fazer o elogio do amor puro, do amor cego, do amor estúpido, do amor doente, do único amor verdadeiro que há,estou farto de conversas, farto de compreensões, farto de conveniências de serviço.

Nunca vi namorados tão embrutecidos, tão cobardes e tão comodistas como os de hoje. Incapazes de um gesto largo, de correr um risco, de um rasgo de ousadia, são uma raça de telefoneiros e capangas de cantina, malta do "tá bem, tudo bem", tomadores de bicas, alcançadores de compromissos, bananóides, borra-botas, matadores do romance, romanticidas. Já ninguém se apaixona? Já ninguém aceita a paixão pura, a saudade sem fim, a tristeza, o desequilíbrio, o medo, o custo, o amor, a doença que é como um cancro a comer-nos o coração e que nos canta no peito ao mesmo tempo?

O amor é uma coisa, a vida é outra. O amor não é para ser uma ajudinha. Não é para ser o alívio, o repouso, o intervalo, a pancadinha nas costas, a pausa que refresca, o pronto-socorro da tortuosa estrada da vida,o nosso "dá lá um jeitinho sentimental". Odeio esta mania contemporânea por sopas e descanso. Odeio os novos casalinhos. Para onde quer que se olhe, já não se vê romance, gritaria, maluquice, facada, abraços, flores. O amor fechou a loja. Foi trespassada ao pessoal da pantufa e da serenidade. Amor é amor. É essa beleza. É esse perigo. O nosso amor não é para nos compreender, não é para nos ajudar, não é para nos fazer felizes. Tanto pode como não pode. Tanto faz. É uma questão de azar.

O nosso amor não é para nos amar, para nos levar de repente ao céu, a tempo ainda de apanhar um bocadinho de inferno aberto. O amor é uma coisa, a vida é outra. A vida às vezes mata o amor. A "vidinha" é uma convivência assassina. O amor puro não é um meio, não é um fim, não é um princípio, não é um destino. O amor puro é uma condição. Tem tanto a ver com a vida de cada um como o clima. O amor não se percebe. Não é para perceber. O amor é um estado de quem se sente. O amor é a nossa alma. É a nossa alma a desatar. A desatar a correr atrás do que não sabe, não apanha, não larga, não compreende.

O amor é uma verdade. É por isso que a ilusão é necessária. A ilusão é bonita, não faz mal. Que se invente e minta e sonhe o que quiser. O amor é uma coisa, a vida é outra. A realidade pode matar, o amor é mais bonito que a vida. A vida que se lixe. Num momento, num olhar, o coração apanha-se para sempre. Ama-se alguém. Por muito longe, por muito difícil, por muito desesperadamente. O coração guarda o que se nos escapa das mãos. E durante o dia e durante a vida, quando não esta lá quem se ama, não é ela que nos acompanha - é o nosso amor, o amor que se lhe tem. Não é para perceber. É sinal de amor puro não se perceber, amar e não se ter, querer e não guardar a esperança, doer sem ficar magoado,viver sozinho, triste, mas mais acompanhado de quem vive feliz. Não se pode ceder. Não se pode resistir. A vida é uma coisa, o amor é outra. A vida dura a Vida inteira, o amor não.

Só um mundo de amor pode durar a vida inteira. E valê-la também.

Miguel Esteves Cardoso, in 'Jornal Expresso'

PS: Concordo em muita coisa que vem escrita neste texto, mas não totalmente, na verdade é uma questão de pormenor...

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Florence + The Machine - Cosmic Love


Florence + The Machine - Cosmic Love
A falling star fell from your heart and landed in my eyes
I screamed aloud, as it tore through them, and now it's left me blind

The stars, the moon, they have all been blown out
You left me in the dark
No dawn, no day, I'm always in this twilight
In the shadow of your heart

And in the dark, I can hear your heartbeat
I tried to find the sound
But then it stopped, and I was in the darkness,
So darkness I became

The stars, the moon, they have all been blown out
You left me in the dark
No dawn, no day, I'm always in this twilight
In the shadow of your heart

I took the stars from our eyes, and then I made a map
And knew that somehow I could find my way back
Then I heard your heart beating, you were in the darkness too
So I stayed in the darkness with you

The stars, the moon, they have all been blown out
You left me in the dark
No dawn, no day, I'm always in this twilight
In the shadow of your heart

The stars, the moon, they have all been blown out
You left me in the dark
No dawn, no day, I'm always in this twilight
In the shadow of your heart

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Sorrisos...

Há sorrisos que nos "massajam" a alma...
...Seja de manhã, seja à noite, nunca é cedo, nunca é tarde...

Diz-me o teu signo... Dir-te-ei quem és... By Facebook

Parece que continuo numa de signos... Nota-se assim tanto a falta de tempo e imaginação?! Ora...

Diz-me o teu signo... Dir-te-ei quem és.

Leão: Leão é o signo mais dominador do zodíaco. Criativos e extrovertidos, têm ambição, força, valentia, independência e total segurança nas suas capacidades. Não costumam ter dúvidas sobre o que fazer. Não temem os obstáculos - na verdade, crescem ante eles. Generoso e compreensivo com os demais. No amor, o leonino é aberto, confiante, sincero e diz sempre o que pensa. Como são muito afectuosos e calorosos, os leoninos gostam de se apaixonar e sentem grande atracção pelo sexo e pelo prazer. Amáveis, costumam ter muitos namoros durante a vida. Negativamente podem ser orgulhosos, presunçosos, inflexíveis e egocêntricos.
 
E apesar de nem sempre estar de acordo com os signos, há aqui muita verdade... não vou é dizer onde!

domingo, 12 de dezembro de 2010

"São os teus olhos..."

"O que era eu sem ti na minha vida..."
... provavelmente a mesma pessoa que eu conheço, porque a essência do nosso ser está em nós próprios, mudando apenas a maneira como os outros nos vêem... "São os teus olhos..."

sábado, 11 de dezembro de 2010

A sensualidade e a malícia de cada signo... By Facebook

Leão: ATRACÇÃO FATAL: por Aquário. Completa e imediata, que só o tempo pode diminuir.CONTACTOS QUENTES: com Carneiro, Sagitário e Balança, deixando na memória histórias inesquecíveis. Escorpião também atrai, mas saiem faíscas imediatas que podem acabar em curto-circuito.AFASTA-SE: de Touro e Capricórnio, que não aguentam tanta energia. Com Virgem, então, é melhor nem tentar...
Sempre a aprender... mas, não confirmo nem desminto!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

O meu melhor e maior professor da minha vida...

Estou a beber uma ginjinha e isto nada de teria de extraordinário não fosse o facto de ela ter sido feita pelo meu Pai. Há 3 anos que não lhe tocava e uma saudade forte fez-me "avançar". Apesar do muito que aprendi com o meu Pai, esta foi (mais) uma coisa que ficou por aprender. Sim, não é algo de importante quando visto à "distância", mas quando vem de alguém que nos diz muito, vejo que tanto ficou por aprender (e dizer...), mesmo sabendo que o meu Pai foi o meu melhor e maior professor da minha vida, e será assim até voltar à sua companhia, Algures onde apenas eu sei... e ele sabe, pois está (e estará) sempre comigo...

You may say that i´m a dreamer, but i´m not the only one...

Faz hoje 30 anos que John Lennon partiu, no entanto deixou uma mensagem que perdurá e nos deixa a pensar. Experimentem imaginar como seria o mundo desta forma...You may say that i´m a dreamer, but i´m not the only one...

John Lennon - Imagine
Imagine there's no Heaven
It's easy if you try
No hell below us
Above us only sky
Imagine all the people
Living for today

Imagine there's no countries
It isn't hard to do
Nothing to kill or die for
And no religion too
Imagine all the people
Living life in peace

You may say that I'm a dreamer
But I'm not the only one
I hope someday you'll join us
And the world will be as one

Imagine no possessions
I wonder if you can
No need for greed or hunger
A brotherhood of man
Imagine all the people
Sharing all the world

You may say that I'm a dreamer
But I'm not the only one
I hope someday you'll join us
And the world will live as one

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Pimba...

... E por "pimba" podemos entender mais uma despesa inesperada. Isto aos 300 e 400 não quem aguente, ainda para mais sozinho...

a posteriori: É oficial, a minha máquina de lavar roupa MORREU! Lembram-se de ouvir dizer que "B**h é bom!"?! Pois bem, cheguei hoje à conclusão que tal só pode ter chegado aos dias de hoje desta forma por evolução fonética... Deviam estar a pensar noutra coisa! Ai a minha vida...

James Walsh Live@Lisboa - Santiago Alquimista

Atrever-me-ia a dizer que a noite de ontem no Santiago Alquimista em Lisboa foi quase perfeita. O início do espectáculo estava marcado para as 21.30h e o trânsito de Lisboa fez-nos chegar ao Santiago Alquimista aproximadamente às 21.45h... Descemos e ainda não estava muita gente, conseguindo a proeza de arranjar uma mesa, que se encontrava com uns casacos nas costas das cadeiras, e como perguntar não ofende, voilá! Uma mesa a 2 metros do palco, num espaço muito muito agradável. Quem não conhece, recomendo. Passados 5 minutos, eis que entra em palco James Walsh, simpático e humilde. Começa com a sua guitarra acústica e com o seu parceiro que fez questão de nos apresentar, "Mac"... Um portátil que se encarrega da parte do "Drum and Bass". Iniciou com o "Tell me it´s not over" e foi tocando sempre com uma pitada de humor e simpatia. Um encore com 2 músicas num total de 14 tocadas. Muito bom e... muito "rápido"! Foi tão bom que soube a pouco... A cereja no topo do bolo aconteceu quando no final do concerto e após ter ido aos camarins, o James Walsh após ter ido a uma mesa que se encontrava junto ao palco se dirigiu à nossa mesa, assinando a setlist que eu já tinha ido buscar ao palco como "souvenir", ficando a conversar um pouco comigo e com a minha amiga C. e após isso autografou um cd e tirou uma foto connosco. Perfect! Ainda houve lugar a uma visita à exposição que se encontra patente ao nível do R/C do Santiago Alquimista, com umas fotos e quadros fantásticos... Muito bom e agora é aguardar que haja um rápido regresso, conforme prometido pelo próprio James Walsh.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Vindo de Algures onde apenas eu sei...

Por vezes deparamo-nos com boas surpresas, e esta veio de Algures onde apenas eu sei... Há quem me saiba "ler" tão bem... Continuo a aprender. Obrigado.

Isto
O que há em mim é sobretudo cansaço —
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.
A subtileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto em alguém,
Essas coisas todas —
Essas e o que falta nelas eternamente —;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
Cansaço.
Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada —
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...
E o resultado?
Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles o sonho sonhado ou vivido,
Para eles a média entre tudo e nada, isto é, isto...
Para mim só um grande, um profundo,
E, ah com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço,
Íssimo, íssimo, íssimo,
Cansaço...

Álvaro de Campos

sábado, 27 de novembro de 2010

U2 - Stuck In A Moment You Can't Get Out Of

Há alturas na nossa vida em que estamos assim, Stucked In A Moment You (that We) Can't Get Out Of... Impõe-se que sigamos em frente e nos "soltemos", pelo que se calhar vou até ao Speakeasy daqui a pouco para ver os 2U (Que diga-se em abono da verdade, são muito bons) e rever bons momentos e sensações...

U2 - Stuck in a moment you can´t get out of
I'm not afraid
Of anything in this world
There's nothing you can throw at me
That I haven't already heard
I'm just trying to find
A decent melody
A song that I can sing
In my own company

I never thought you were a fool
But darling look at you
You gotta stand up straight
Carry your own weight
These tears are going nowhere baby

You've got to get yourself together
You've got stuck in a moment
And now you can't get out of it

Don't say that later will be better
Now you're stuck in a moment
And you can't get out of it

I will not forsake
The colors that you bring
The nights you filled with fireworks
They left you with nothing

I am still enchanted
By the light you brought to me
I listen through your ears
Through your eyes I can see

And you are such a fool
To worry like you do
I know it's tough
And you can never get enough
Of what you don't really need now
My, oh my

You've got to get yourself together
You've got stuck in a moment
And you can't get out of it

Oh love, look at you now
You've got yourself stuck in a moment
And you can't get out of it
I was unconscious, half asleep
The water is warm 'til you discover how deep

I wasn't jumping, for me it was a fall
It's a long way down to nothing at all

You've got to get yourself together
You've got stuck in a moment
And you can't get out of it

Don't say that later will be better
Now you're stuck in a moment
And you can't get out of it

And if the night runs over
And if the day won't last
And if our way should falter
Along the stony pass

And if the night runs over
And if the day won't last
And if your way should falter
Along this stony pass

It's just a moment
This time will pass

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Problemas...

Não directamente relacionado com o post anterior, mas com influências na sua velocidade... Não preciso de ajuda para arranjar problemas, consigo arranjá-los sozinho ou então não existem grandes dificuldades para que os mesmos surjam do nada...

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

O beijo de cada signo... By Facebook

Uma aplicação do Facebook mostra como é "O beijo de cada signo", assim sendo ficam a saber que:

Algures beija como um ...:

Leão: Os nativos de Leão vivem os beijos de forma tão intensa e dramática como tudo o resto na sua vida. São vorazes e impetuosos, e gostam de sentir que têm o domínio sobre a pessoa que beijam. Os seus beijos são ardentes e fogosos, e geralmente inesquecíveis. Transmitem muito desejo e paixão. Precisam de sentir emoção e entrega da parte da outra pessoa, detestam a frieza ou fraca intensidade no beijo.

Se confirmo? Se desminto? Gosto de intensidade... mas na verdade, há muito que não beijo, pelo que terei de o fazer para eventual confirmação ou desmentido do que foi escrito...

É tão bom beijar...

Conversas...

Há pessoas com as quais somos capazes de passar horas e horas a conversar, dia após dia, semana após semana e no entanto haver sempre temas de conversa e novas coisas a saber, a descobrir... E é tão bom termos pessoas assim na nossa vida... A sua "presença" habitual e aquilo que nos transmitem torna-as especiais...

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Muse - Undisclosed Desires


Muse - Undisclosed Desires
I know you suffered
But I don't want you to hide
It's cold and loveless
I won't let you be denied

Soothe me
I'll make you feel pure
Trust me
You can be sure

I want to reconcile the violence in your heart
I want to recognize your beauty is not just a mask
I want to exorcise the demons from your past
I want to satisfy the undisclosed desires in your heart

You trick your lovers that you're wicked and divine
You may be a sinner
But your innocence is mine

Please me
Show me how it's done
Tease me
You are the one

I want to reconcile the violence in your heart
I want to recognize your beauty is not just a mask
I want to exorcise the demons from your past
I want to satisfy the undisclosed desires in your heart

Please me
Show me how it's done
Trust me
You are the one

I want to reconcile the violence in your heart
I want to recognize your beauty is not just a mask
I want to exorcise the demons from your past
I want to satisfy the undisclosed desires in your heart

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Breve constação de 6.ª feira à noite...

Quando damos por isso, aquilo que aparentemente não nos falta, escapa-se-nos por entre os dedos como se de areia se tratasse...
E é nestas alturas que eu questiono 1001 coisas, pensando que às vezes o que digo da boca para fora em certas ocasiões ou conversas, não é assim tão irracional... Afinal, cada vez estou menos preso, ou cada vez estou mais preso... Tudo depende das questões que faça.

Acordar...

Precisava de acordar. Sair da apatia que me vai contagiando, abrir bem os olhos e seguir o meu caminho em frente. Estou Algures onde apenas eu sei e mesmo assim tenho dificuldades em situar-me, não me apetecendo traçar um rumo ou desenhar um mapa para que me encontrem, para que me compreendam... Não, não sou um incompreendido. Sou um homem como tantos outros, que por vezes acaba por se revelar, por vezes procura se ocultar, mas que agora, queria mesmo acordar...

Arcade Fire - Wake Up
Somethin' filled up
my heart with nothin',
someone told me not to cry.

But now that I'm older,
my heart's colder,
and I can see that it's a lie.

Children wake up,
hold your mistake up,
before they turn the summer into dust.
If the children don't grow up,
our bodies get bigger but our hearts get torn up.
We're just a million little gods causin' rain storms turnin' every good thing to
rust.

I guess we'll just have to adjust.
With my lightnin' bolts a glowin'
I can see where I am goin' to be
when the reaper he reaches and touches my hand.

With my lightnin' bolts a glowin'
I can see where I am goin’
With my lightnin' bolts a glowin'
I can see where I am, go-go, where I am
You'd better look out below

Arcade Fire - Wake Up (Live at Glastonbury 2007)

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Editors - The Boxer

Por vezes sinto-me assim. Como um pugilista... Vou à luta, sou atingido e vou ao tapete, apesar de ferido, levanto-me e volto ao "combate" sem deixar as feridas sararem. Não há tempo pois a vida não pára e muito menos espera por nós. Tem sido assim, vezes e vezes sem conta...

Editors - The Boxer
A bruised full moon
Play fights with the stars,
This Place is our prison,
it's cells are the bars
So take me to town
I wanna dance with the city
Show me something ugly,
Show me something pretty

Damn this place
makes a boy out of me
The ring meets my face
by the count of three!

An Unwanted sun
pulls rank in the sky
The Boxer isn’t finished
He’s not ready to die
I’m attracted to the light
I’m attracted to the heat
It’s a violent night
There are boxers in the street

Damn this place
makes a boy out of me
The ring meets my face
by the count of three!

And damn this place
makes a boy out of me
The ring meets my Face
before an oak tree

Dazed in the final rounds
Dazed in the final rounds
Dazed in the final rounds
Dazed in the final rounds

domingo, 14 de novembro de 2010

Muitos Parabéns S.

As datas especiais têm sempre um lugar especial reservado. Não necessariamente neste espaço, mas na memória e no coração daqueles que a estimam.
Muitos Parabéns e espero que tenha passado um dia muito feliz na companhia daqueles que mais estima... Até porque o número justifica muitos e mais dias felizes... 40!

sábado, 13 de novembro de 2010

Apetece-me...

... Apetece-me gritar e dizer tudo o que me vai na alma... mas não posso, ou pelo menos não devo. E como tal não o farei...

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Editors - The Weight of the World

Porque há músicas que me deixam Algures onde apenas eu sei...

Editors - The Weight Of The World
Keep a light on those you love
They will be there when you die
Baby there's no need to fear
Baby there's no need to cry
Every little piece in your life
Will add up to one

Every little piece in your life
Will it mean something to someone?
You fuse my broken bones
Back together and then
Lift the weight of the world
From my shoulders again

Every little piece in your life
Will add up to one
Every little piece in your life
Will it mean something to someone?
Every little piece in your life
Will add up to one
Every little piece of your life
Will mean something to someone

You touch my face god whispers in my ears
In my..
There are tears in my eyes
Love replaces fear
You touch my face
god whispers in my ears
In my year (ear)..
There are tears in my eyes
Love replaces fear
Fear

Every little piece in your life
Will add up to one
Every little piece in your life
Will mean something to someone
Every little piece in your life
Will add up to one
Every little piece of your life
Will mean something to someone

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Aula de Direito Fiscal

Contexto: Resolução de um caso prático acerca de impostos, nomeadamente o IRS. A determinado ponto da resolução, que continha sujeitos passivos casados, vulgo casal de marido e mulher (hoje em dia já poderia ser dos outros, e ressalvo desde já que não tenho nada a opor...), há uma observação de uma colega que estava ao meu lado esquerdo: " mas Dr. (dirigindo-se ao nosso ilustre assistente...), tratando-se de um casal não deveríamos ir para o 69???"... A gargalhada foi geral, tendo a colega recebido um "obviamente...."como resposta. * Na realidade, muita coisa haveria para dizer desta aula, até porque tivemos a presença de uma colega (de outra turma) que daria muito que falar, isto porque quando a mesma intervém na aula, deixa-nos a questionar como foi tão difícil chegar ao 4.º ano e sermos finalistas na Faculdade de Direito de Lisboa, é que, diga-se em abono da verdade, fica a dever muito à inteligência (e compreendi também onde se vai buscar inspiração para as anedotas de loiras, sem ofensa para as leitoras loiras que eventualmente possam ler este post, até porque não generalizo e por causa de uma não vão pagar todas as outras), e atenção que eu estou longe de ser um aluno brilhante...

*Para as mentes conspurcadas que vêm parar algures...:
C I R S CAPÍTULO III - TAXAS
ARTIGO 69 - Quociente conjugal
1 - Tratando-se de sujeitos passivos casados e não separados judicialmente de pessoas e bens, as taxas aplicáveis são as correspondentes ao rendimento colectável dividido por 2.
2 - As taxas fixadas no artigo anterior aplicam-se ao quociente do rendimento colectável, multiplicando-se por dois o resultado obtido para se apurar a colecta do IRS.

domingo, 7 de novembro de 2010

Parabéns D...

O meu sobrinho e afilhado faz hoje 4 aninhos... Está enorme e muito, muito giro. Vai ser um sedutor (diria mesmo que já é...), nada igual ao tio, isto apesar de dizerem que ele é parecido comigo. Na verdade ele é um menino todo giro, de cabelos compridos, olhos verdes e com voz de rapazola! E tem um sorriso...
Felizmente o meu pai ainda o teve ao colo, infelizmente não foi por muito tempo... mas não deixo de ver uma ligação entre os dois...

Sabe-me tão bem vê-lo feliz.... e quero vê-lo crescer assim por muitos e muitos anos...

MUITOS PARABÉNS D.!!!

Só isto...

Fazes-me sorrir...
...e muito...

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Testes...

Hoje mais um teste... 2.ª feira outro teste... Próxima 6.ª feira outro teste... A verdade é que todos os dias há testes e todos os dias somos postos à prova...

domingo, 31 de outubro de 2010

Brendan James - All I Can See


Brendan James - All I Can See

I want to walk through this doorway
I want to open my mind
I want to pledge my allegiance to all I can find.
I want a car that will crash through the barriers
to a road no one knows.
I want to feel less control,
want to bend and I want to land far from home.

The revolution of the earth around the sun
is the perfect lesson of how it should be.

So if i cannot learn
to journey and return,
to never rest till I've seen all I can see...
I want to learn a completely new language,
one I don't understand.

I want to help someone lost, someone helpless,
with the strength of my hand.
I want to come to the base of a statue built
before they counted the years,
and there i'll fall with my face in my hands and cry
and feel their hope in my tears.

The revolution of the earth around the sun
is the perfect lesson of how it should be.
So if I cannot learn,
to journey and return,
to never rest till I've seen all I can see...

Train rides and pastures colliding...
colors and customs i've never seen...
I know I, yes I know I,
I know I will stumble
but time is precious my friend.

Those who journey can easily understand,
the more they see the more they'll learn,
the more that they will be.
So this I swear to you, and this I swear to me,
I'll never rest till I've seen all I can see.
No, I'll never rest till I've seen all i can see.

I want to know where the stength of a person lies,
in their past or their future.
Is it in the way that they hurt or they love themselves
or is it all an illusion?
I want to crawl from this skin that i'm painted in...
Body, please let it give.
I want to find the creator of all good things
and ask what it means to live

Mexe comigo....

Não me sinto bem quando se generaliza uma situação, e nós que nem temos nada a ver com isso acabamos por ser incluídos no lote. Mexe comigo, magoa-me... Ah e tal, porque os homens são todos uns insensíveis. Ah e tal, porque os homens não fazem isto. Ah e tal, porque os homens não fazem aquilo. Enfim... Resta-me continuar a ser eu próprio e ser diferente nas situações em que sou diferente, e igual naquelas em que sou igual, e aí, caso oiça tal crítica e entenda que estou mal, fazer por melhorar... Agora pagar pelo que os outros fazem de mal, isso não...

sábado, 23 de outubro de 2010

A "rolar" algures onde apenas eu sei... Nick Cave & The Bad Seeds - Hold On To Yourself


Nick Cave & The Bad Seeds - Hold On To Yourself
I'm so far away from you
Pacing up and down my room
Does Jesus only love a man who loses?
I turn on the radio
There's some cat on the saxophone
Laying down a litany of excuses
There's madhouse longing in my baby's eyes
She rubs the lamp between her thighs
And hopes the genie comes out singing
She lives in some forgotten song
And moves like she is zombie-strong
Breathes steady as the pendulum keeps swinging

You better hold on to yourself

Well, cities rust and fall to ruin
Factories close and cars go cruisin'
In around the borders of her vision
She says ooh
As Jesus makes the flowers grow
All around the scene of her collision

You know I would, yes, I would
I would hold on to yourself

In the middle of the night
I try my best to chase outside
The phantoms and the ghosts and fairy-girls
On 1001 nights like these
She mutters open sesame and Ali Baba and his forty thieves
Launch her off the face of the world

You know one day I'll come back and I'd hold on to yourself
To yourself, I'd hold on to yourself

Ooh baby, I'm a 1000 miles away
And I just don't know what to say
Cause Jesus only loves a man who bruises
But darling, we can clearly see
It's all life and fire and lunacy
And excuses and excuses and excuses

Well, you know if I could, I would
I'd lie right down and I'd hold on to yourself
Yeah, I would lie right down and I would hold on to yourself
One day I'll come back to you and I'd hold on to yourself
Yeah, I'm gonna come back, gonna lie down
And I would hold on to yourself
Yeah, to yourself

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Para variar...

Depois de uma semana de porcaria, resta-me tentar terminá-la da melhor maneira. Isto não anda fácil...
E o pior é que as perspectivas de melhorar não são as melhores...

terça-feira, 12 de outubro de 2010

U2 - 360.º Tour Live@Estádio Cidade de Coimbra 02-10-2010

A ansiedade há muito que já tinha tomado conta de mim e já não conseguia conter a euforia de assistir ao meu 4.º concerto dos U2. Em Coimbra, 2 de Outubro de 2010, a banda do October, naquele que foi um...
BEAUTIFUL DAY!!!
Assim que começam os primeiros acordes do Space Oddity de David Bowie, os U2 entram em palco e o Estádio fica em alvoroço, começando com Return of the Stingray Guitar o Bono a flirtar e a posar para o público, como ele tão bem sabe fazer... Cumprimenta e começa a fazer "estragos"... FABULOSA entrada e as luzes do Estádio eclipsam-se dando lugar às luzes e vídeos da "Claw"...
MAGNIFICENT!!!
E assim começou o concerto com o Bono a parar perto de nós pela primeira vez aos 4.20m... e por ali passou várias vezes, ele e os restantes 3 magníficos... a 2 metros de mim e dos meus parceiros de concerto, os que foram comigo e os que encontrei por lá...Almada, Sintra, Mem Martins, Lisboa, Cascais, Guimarães, São Miguel, Ermesinde... PORTUGAL... Naquele dia acabámos por ser...
ONE!!!
E quer se queira quer não, os U2 são "A Banda"... A MELHOR BANDA DO MUNDO!!!
UNTIL THE END OF THE WORLD!!!
Soube a pouco, como sabe sempre... Ainda bem que posso escrever, pois quando terminou o concerto, nem falar conseguia... Espero que tenha sido um até breve e que o seu regresso se dê...
IN A LITTLE WHILE!!!

Um dos concertos da minha vida...

EBay

Acabo de ganhar o meu 1.º leilão no eBay!!! Parece que fiz uma excelente compra e amanhã já estará a caminho do UK para as minhas mãos... YES!!!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Assim de repente só me vem isto à cabeça...

Xutos e Pontapés - Circo de Feras
A vida vai torta
Jamais se endireita
O azar persegue
Enconde-se à espreita
(...)
De modo que a vida
É um circo de feras
E uns entre tantos
São as minhas feras
(...)

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Nem tudo o que luz é ouro...

... Assim como nem todos os vícios são maus, especialmente aqueles que nos fazem sorrir, e sorrir rejuvenesce-nos a alma e o espírito...

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Cars...

Acham que o meu sobrinho é viciado no "Cars"? Nomeadamente pelo "Faísca Mcqueen"...


Porque será?

Há pessoas cujas opiniões são SEMPRE destrutivas. O pior é que essas pessoas nos são bem próximas... Haverá alguma razão para isso? Porque será?!

sábado, 25 de setembro de 2010

Qualquer semelhança com outras realidades é pura coincidência...

...mas, o que dizer quando uma mulher diz para um mecânico: "o meu motor não tem problemas de refrigeração" e recebe de volta um "está com problemas no motor, provavelmente porque ganhou umas folgas...vamos ter de tratar disto (...)  é como se ficasse com um motor novo..."

Estamos a falar de automóveis ok?! Mentes conspurcadas... E depois sou eu...

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

John Mayer - Gravity (Where the Light is)

Estou longe de andar "nos meus dias" e há músicas com as quais o meu estado de espírito se identifica mais...
In the dark times, "just keep me where the light is"...

John Mayer - Gravity
Gravity is working against me
And gravity wants to bring me down
Oh I'll never know what makes this man
With all the love that his heart can stand
Dream of ways to throw it all away

Oh Gravity is working against me
And gravity wants to bring me down
Oh twice as much ain't twice as good
And can't sustain like a one half could
It's wanting more
That's gonna send me to my knees

[repeat]

Oh gravity, stay the hell away from me
And gravity has taken better men than me (now how can that be?)
Just keep me where the light is
Just keep me where the light is
Just keep me where the light is
C'mon keep me where the light is
C'mon keep me where the light is
Oh... where the light is! [repeat]

Hoje li que...

"As pequenas coisas que faltam na vida fazem as grandes incompletas..."
Para além de concordar, identifiquei-me tanto com esta frase...

Eu sabia que conseguias...

PARABÉNS P.! Foi difícil? Eu sei. Tirou-te a paz de espírito? Eu sei. Não era justo? Eu sei. Que se tivesses a oportunidade não a desperdiçarias? Eu sei. Que tens de cumprir a tua parte de uma promessa feita há 3 anos atrás? Eu sei.  Que irias ser finalista? EU SABIA! E é mais do que merecido...
Vai ser mais um ano de luta mas estamos cá para isso... FORÇA!

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Hoje só me ocorre isto...

Sport Lisboa e Benfica 2 - 0 Spórtem
Hoje soube-me a pouco... Hoje soube-me a pouco... Hoje soube-me a pouco... Hoje soube-me a pouco... Pipiririririri... Piiririririririiiiiiiiiiii!!!
Mais uma vez a resposta foi dada em campo, isto porque nas últimas semanas já estavam a "crescer" e a falar intensivamente no Benfica, os chamados "ANTI", ora bem,  para aqueles com problemas de memória, os campeões somos nós!!!
SPORT LISBOA E BENFICA - CAMPEÃO NACIONAL

E é tão fácil ficar com um brilhozinho nos olhos...

sábado, 18 de setembro de 2010

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Constatação do dia...

Às vezes temo pelos meus instintos, especialmente se as acções se anteciparem aos pensamentos, deixando-me sem reacção para as evitar...

domingo, 12 de setembro de 2010

James - Rabbit Hole -The Morning After

Continuam a surpreender-me após tantos anos... Belíssima.

The Morning After (UK CD)

James - Rabbit Hole
My life is just a fake
Put my fist
Right through these walls
If I concentrate

The paint is wet
But I forget
I keep drifting off
The floors can't take any weight
But my pen moves on
Keeps writing
No mistake

What we have we share
All in together
Always come prepared
Whatever the weather

I'm late
I'm always late
I'm somewhere else
Not here and now

In time and space
I'm lost on a map
Where the satellites won't track
In an altered state
Which leaves no trace
I'm late in time
And lost in space

What we have
We share
All in together
Always come prepared
Whatever the weather

Rabbit hole

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Ser positivo...

Ando a passar por uma fase da minha vida em que vou pondo cada vez mais certas coisas em causa. No fundo, nem é de surpreender face à vida que vou levando, onde se torna difícil destacar o bom em detrimento do mal, e como já disse algures, as coisas negativas têm sempre tendência a absorver as positivas. 1001 pensamentos vão passando na minha cabeça e só fazem com que me sinta mais confuso e com uma vontade maior de mudar a minha vida. Por uma vez na vida gostava de ser positivo ao ponto de ver uma chance num milhão... Às vezes na vida, temos mesmo é de acreditar, por mais que isso nos custe...

Lloyd: What do you think the chances are of a guy like you and a girl like me... ending up together?
Mary: Well, Lloyd, that's difficult to say. I mean, we don't really...
Lloyd: Hit me with it! Just give it to me straight! I came a long way just to see you, Mary. The least you can do is level with me. What are my chances?
Mary: Not good.
Lloyd: You mean, not good like one out of a hundred?
Mary: I'd say more like one out of a million.
[pause]
Lloyd: So you're telling me there's a chance... *YEAH!*

Em aditamento ao presente: Engraçado como há 8 meses atrás fiz um post bastante semelhante a este... curiosamente com recurso ao mesmo filme... Ora vejam aqui

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Mulher sofre, mas o Homem também...

Após uma sardinhada seguida de uma ida à praia em Sesimbra, posso dizer que o dia me estava a correr bem, até que esta noite fiquei a conhecer melhor um dos sofrimentos das mulheres, e adianto desde já que não lidei com elas... somente agora entendo-as um pouco melhor... Fónix...

PS: Mas nem tudo é mau e isso também me faz entender os porquês...

James - The Morning After

Estou a ouvir o novo álbum dos James, "The Morning After" e mais uma vez estou maravilhado... Sai dia 6 de Setembro e vai saber tão bem ouvir algumas músicas (...ao escuro), especialmente a lindíssima balada "Dust Motes" ou a "Kaleidoscope". E em Dezembro lá estarei para mais um concerto... Agora é só esperar...
James - 'The Morning After' preview - album out 6th September by 'James'

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

sábado, 14 de agosto de 2010

Pres(sentimentos)...

Às vezes sinto que (ainda) me observas e continuas a olhar por mim como se eu fosse uma criança...

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Histórias imaginárias que se enquadram numa vida tão real...

Era uma vez uma cobra que começou a perseguir um pirilampo.
Ele fugia com medo da feroz predadora, mas a cobra não desistia.
Um dia, já sem forças, o pirilampo parou e disse à cobra:
- Posso fazer três perguntas?
- Podes. Não costumo abrir essa excepção, mas já que te vou comer, podes perguntar...
- Pertenço à tua cadeia alimentar?
- Não.
- Fiz-te algum mal?
- Não.
- Então porque é que me queres comer?
- PORQUE NÃO SUPORTO VER-TE BRILHAR!!!
E é assim.... Diariamente, tropeçamos em cobras....
Cabe-nos mostrar que os pirilampos voam e as cobras rastejam!

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

E esta noite vai haver chuva de estrelas...

...Se calhar ainda vou dar um salto à praia para ver as estrelas cadentes, até lá...

Depeche Mode - Waiting for the night
I'm waiting for the night to fall
I know that it will save us all
When everything's dark
Keeps us from the stark reality

I'm waiting for the night to fall
When everything is bearable
And there in the still
All that you feel is tranquillity

There is a star in the sky
Guiding my way with its light
And in the glow of the moon
Know my deliverance will come soon

I'm waiting for the night to fall
I know that it will save us all
When everything's dark
Keeps us from the stark reality

I'm waiting for the night to fall
When everything is bearable
And there in the still
All that you feel is tranquillity

There is a sound in the calm
Someone is coming to harm
I press my hands to my ears
It's easier here just to forget fear

And when I squinted
The world seemed rose-tinted
And angels appeared to descend
To my surprise
With half-closed eyes
Things looked even better
Than when they were open

Been waiting for the night to fall
I knew that it would save us all
Now everything's dark
Keeps us from the stark reality

Been waiting for the night to fall
Now everything is bearable
And here in the still
All that you feel is tranquility

Duas coisas que desejamos encontrar...

...e...

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

No seguimento do post anterior...

...importa salientar que apesar de ser muito bom, não é tão bom como este que marchou no sábado passado...
Desta vez foi marabunta e doce de ovo com pinhões... Nhami....

Rótulos...

...Para que se saiba, "uma bola contém 116 calorias (6%), 15,4g açúcar (17%), 4,8g gordura (7%) e 3,1g saturada (15%)... ahhh, também interessa saber que estamos a falar de gelado de straciatella! Mas a questão pertinente aqui é a seguinte:
...

...

...

...

MAS QUEM É QUE CONSEGUE COMER SÓ UMA BOLA COM UM CALOR DESTES???!!!

sábado, 7 de agosto de 2010

O autor deste Blog encontra-se algures...

...pela Côte D´Caparique... Uma estância de férias famosa e deveras agradável... É só procurar!!! Estou certo que não terão dificuldades em encontrar-me... Algures onde apenas eu sei...

U2 360.º Tour...

Começou ontem em Turim nova digressão pela Europa da "U2 360.º Tour"... Muitas emoções, muitas novidades e muita, mas muita, boa música! A ansiedade já começa a "falar...
Em Outubro lá estarei em Coimbra...
U2... Uno, Dos, Tres.... Catorce!!!


Rock and Roll Stops the Traffic!!!

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

No meu quarto...

A noite chegou e estou na imensidão do meu quarto, onde o tempo fica parado (assim diziam os Depeche Mode e com razão...) e onde penso na vida, leia-se, na minha vida.
Um dos pensamentos que me assola a cabeça neste momento é pensar que amanhã poderei acordar de mau humor. Não que aconteça com frequência, antes pelo contrário, mas aconteceu na 6.ª feira passada. E quando estou assim, não ando a massacrar as pessoas com o meu "feitiozinho da merda", como um antigo chefe costumava dirigir-se a mim quando a sua capacidade de persuasão não funcionava. Quem me quer persuadir, tem de o fazer com muita suavidade, porque se assim não for, está o "caldo entornado"...
Quando estou nestes dias, sou um pouco como um animal... Estou no meu cantinho, bem sossegado, a querer que não me descubram, mas com um potencial acumulado de "meios de defesa". Estão a ver as cobras? Estão a ver os cães com um osso à frente? Pois é mais ou menos isso... é um "deixem-me", "deixem-me que amanhã é outro dia" e não há nada que façam que vá alterar isso. Dificilmente algo o fará...
Voltando ao meu quarto, estou a pensar... Penso nos dias que passaram. Penso nos dias que aí vêm. Penso em todo o esforço que tenho feito e, se tal valerá a pena. Quer dizer, penso que sim. Racionalmente penso que sim, a questão mesmo, é a que preço. Tenho abdicado da minha vida pessoal em prol da minha vida profissional e da minha vida académica, e, se essas ainda se vão conciliando, a minha vida pessoal nas suas vertentes social e amorosa está um caos. A verdade é que conheço muita gente, mas como já o disse uma vez no facebook "muitos me conhecem, mas poucos sabem quem sou", e como não gosto de impor a minha presença, nem prescindo da qualidade em prol da quantidade, prefiro estar sozinho do que estar com quem não quero... Sou assim e como diz o ditado "burro velho não aprende línguas", pelo que escusam de insistir, pois não me parece que mude, a não ser que algo muito forte me consiga fazer mudar. E sendo assim, e uma vez que as pessoas têm as suas vidas, há determinados momentos da nossa vida em que acabamos por os viver de uma forma que não gostaríamos. Tal faz-nos pôr em causa certas opções, certos caminhos que traçamos e ao mesmo tempo, dá-nos força para avançarmos em certas direcções desconhecidas, bem longe deste quarto, bem longe desta casa, desaparecendo de quem não me procura, desaparecendo de quem me magoa e procurando viver sem (que me perguntem) porquês, mas caminhando em frente, sendo que nos próximos dias, mais uma vez irei pôr em causa a minha resistência... mas isto são "apenas" algumas noites "escuras" passadas no meu quarto e amanhã, será um novo dia, que com a sua luz, dará vida ao meu quarto e porque não dizê-lo, a mim próprio... .
No meu quarto "morro", no meu quarto nasço...

sexta-feira, 30 de julho de 2010

António Feio...

Porque há lutas que são um exemplo e porque nem sempre os heróis vencem, há mensagens que não devem ficar por dizer. Descansa em Paz algures onde quer que estejas...

domingo, 25 de julho de 2010

terça-feira, 20 de julho de 2010

Constatação do (meu) dia...

Com a verdade me enganas. Ou não...

Uma de nacionalidade alemã, outra de nacionalidade japonesa...

Troquei a minha companhia alemã com quem mantinha uma relação desde 1998 por uma "amante" japonesa, que diga-se em abono da verdade, está com menos vícios e não me vem tanto à carteira, até porque é mais nova 8 anos... E para um jovem da minha idade, uma jovem com menos 8 anos é bem mais agradável e enérgica!!! Para além de ser mais económica, é pujante!!! Vamos lá ver quanto tempo ainda vão conviver as duas e melhor, até quando as vou aguentar juntas...

PS: Fala-se de viaturas!!! Imaginações tão férteis que por aqui existem...

domingo, 18 de julho de 2010

Mandela Day...

Porque há pessoas que simbolizaram o querer...
Porque há pessoas que lutaram pelos seus ideais...
Porque há pessoas que ganharam um lugar na história...
Porque há pessoas que se tornaram o rosto da união de uma nação...

Parabéns Nelson Mandela... 92 anos... 


Simple Minds - Mandela Day
It was 25 years they take that man away
Now the freedom moves in closer every day
Wipe the tears down from your saddened eyes
They say Mandela's free so step outside
Oh oh oh oh Mandela day
Oh oh oh oh Mandela's free

It was 25 years ago this very day
Held behind four walls all through night and day
Still the children know the story of that man
And I know what's going on right through your land

25 years ago
Na na na na Mandela day
Oh oh oh Mandela's free

If the tears are flowing wipe them from your face
I can feel his heartbeat moving deep inside
It was 25 years they took that man away
And now the world come down say Nelson Mandela's free

Oh oh oh oh Mandela's free

The rising suns sets Mandela on his way
Its been 25 years around this very day
From the one outside to the ones inside we say
Oh oh oh oh Mandela's free
Oh oh oh set Mandela free

Na na na na Mandela day
Na na na na Mandela's free

25 years ago
What's going on
And we know what's going on
Cos we know what's going on

PS: Simple Minds... Já nos visitavam novamente não?! É que já lá vão 4 anos desde que vos vi pela última vez e cinco vezes fariam um número bonito...

sábado, 17 de julho de 2010

...

Apesar do cansaço, o horizonte faz-me caminhar, mesmo havendo tanta coisa por concretizar...

quinta-feira, 15 de julho de 2010

É oficial...

Sou finalista da Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa...
E salta Algures e salta Algures Olé!Olá!!! E já só faltam 14... :-))
Um Amigo meu, a este propósito dedicou-me esta música no Facebook, e eu dedico-a a todos aqueles que estão em busca de um sonho...
 

terça-feira, 13 de julho de 2010

Foi há 25 anos atrás e lembro-me como se fosse hoje...

... o LIVE AID... Das muitas bandas que vi passar naquele dia, a actuação de uma marcou-me especialmente. Nunca mais vi a música da mesma forma e se já gostava dos U2, naquele dia consolidaram-se como a "minha banda" do coração. Os U2 tocavam o "Bad", com o Bono Vox e o seu "irish accent" a darem espectáculo para o Estádio de Wembley, e para o mundo que assistia em "directo" à maior iniciativa de solidariedade para com África através da música, quando o Bono se atirou literalmente do palco para ir buscar uma fã, dando origem a uma versão "prolongada" do "Bad" com 12 minutos. Li mais tarde que a banda na altura ficou "lixada" com a atitude irreverente e irreflectida(ou não...) de Bono, porém o mundo que assistia em directo, "aplaudiu" e "vibrou com a actuação dos U2 e dessa atitude em particular... E é assim se ganha o estatuto da melhor banda de rock do mundo. Nessa tarde tocaram também o "Sunday Bloody Sunday" e nada mais há a dizer que "Rock n´Roll stops traffic"!!! Em Outubro lá estarei para os ver pela 4.ª vez ao vivo...

U2 - Bad
If you twist and turn away
If you tear yourself in two again
If I could, yes I would
If I could, I would
Let it go
Surrender
Dislocate
If I could throw this
Lifeless lifeline to the wind
Leave this heart of clay
See you break, break away
Into the night
Through the rain
Into the half-light
Through the flame

If I could through myself
Set your spirit free
I'd lead your heart away
See you break, break away
Into the light
And to the day

Oooh oooh, oooh oooh, oooh oooh oooh...

To let it go! And so fade away
To let it go!
And so fade away
I'm wide awake
I'm wide awake
Wide awake
I'm not sleeping, oh no, no, no

If you should ask then maybe they'd
Tell you what I would say
True colors fly in blue and black
Blue silken sky and burning flag
Colors crash, collide in blood shot eyes

Oooh oooh, oooh oooh, oooh oooh oooh...

If I could, you know I would
If I could, I would
Let it go

This desparation
Dislocation
Separation
Condemnation
Revelation
In temptation
Isolation
Desolation
Isolation

Let it go
And so fade away
To let it go, oh yeah
And so fade away
To let it go, oh No
And so fade away
I'm wide awake
I'm wide awake
Wide awake
I'm not sleeping oh no no

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Objectivos...

A uma do objectivo imediato...

A cinco do objectivo mediato...

A quinze do objectivo final...

E depois? Depois trânsito em julgado meus amigos...
Vamos seguindo em frente, passo a passo, objectivo a objectivo... e já esteve mais longe...

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Adoro ouvir violino...

E este silêncio tem sido um pouco "quebrado" por esse som tão belo. É um dos instrumentos que gosto de ouvir misturado com outros... o seu som sobressai e dá um "sabor" especial às músicas.
Aqui podem ouvir os Pequenos Violinos da Metropolitana (que contam com a participação da filha de uma Amiga minha, a quem um dia pedirei um "solo"...) num concerto dado no CCB, cujos fundos revertiam para ajuda à construção de uma escola na Guiné-Bissau através da AMI, uma iniciativa de louvar e aplaudir.Fui convidado para esse concerto mas infelizmente não fui, e acreditem que perdi algo de especial, até porque contaram com a presença do Tiago Bettencourt... Apreciem e vejam como os violinos (em especial a M.) dão um toque especial à  música (aconselho a ouvirem as outras que foram tocadas...)...

Tiago Bettencourt - Chocámos tu e eu
sei que não vais mudar dentro da ilusão,
mas queres parar por ser bom saber que há a minha mão para descansar,
para te esconder e não mostrar.

vem, não vou perguntar se não queres dizer, ahh deixa ser,
o que é bom sentir, só mais uma vez quase sem tocar.
para respirar, só mais uma vez. quando eu não quis ver fui a deslizar,
quando ninguém quis parar, cresceu.
e então chocámos tu e eu, e então chocámos tu e eu.
ahh, diz-me onde estás, vou ter aí. já sem razão para desculpar,
já sem saber para onde ir, para te fugir, para me esquivar, não me destruir.
quando eu não quis ver fui a deslizar, quando ninguém quis parar, cresceu.
e então chocámos tu e eu, e então chocámos tu e eu, e então chocámos tu e eu.

hoje vais dizer que já não tens paz, hoje vens pedir para te ensinar.
quando ninguém viu, quando a chuva cai o rio cresceu, e então chocámos tu e eu.
e então chocámos tu e eu.
e então chocámos tu e eu.

sei que não vais mudar e que eu vou partir,
eu quero alguém que me queira bem para me construir.

PS: Numa "onda" diferente, isto fez-me lembrar o Irish "dos Violinos" no Cais do Sodré... o "O´Gillins", que tinha uma banda residente muito boa, com um violinista de nome Carlos que arrasava... Tenho de ver se lá volto para matar saudades, beber uma Guiness e bater palmas e com os pés no chão...

Já repararam que...

... o Silêncio só é bom quando o desejamos...

domingo, 4 de julho de 2010

Tenho pensado e...

Certamente haverá mais pessoas com o mesmo pensamento, mas apetece-me ir para bem longe... Para um sítio bem calmo e imaculado. Cada vez mais penso no sentido das coisas e da vida que levamos...
Será que vale a pena?
 
PS:Atenção que não estou a questionar a vida em si...

quarta-feira, 30 de junho de 2010

A contraposição entre a derrota e a vitória...

Portugal perdeu e quem eu queria ganhou... Trata-se de uma derrota e de uma vitória em campos distintos... Num temos um jogo do Mundial, no outro temos o jogo da Vida. Espero que continues a vencer e que todas as vitórias sejam assim. Cheias de VIDA! Felizmente há um anjo da guarda com força a olhar por ti...

PS: E sim, cumpriste! "Ficaste fina" :-))

terça-feira, 29 de junho de 2010

A Batalha de Aljubarrota reeditada...

A 14 de Agosto de 1385, o exército Português de D. João I, comandado por D. Nuno Álvares Pereira enfrentou em Aljubarrota o exército Castelhano de D. Juan I de Castela e apesar da desvantagem numérica, o Reino de Portugal venceu aquela que ficou conhecida pela Batalha de Aljubarrota, mérito da bravura e coragem do povo Português, assim como de uma inovação táctica que permitiu derrotar a cavalaria Castelhana. 625 anos depois, se me permitem a analogia com os tempos modernos, esperemos que os "Navegadores" comandados pelo Sr. Prof. Carlos Queiroz e liderados em campo pelo Capitão Cristiano Ronaldo, levem a Selecção Nacional Portuguesa, selecção de todos nós,  à vitória frente à sua congénere Espanhola... Heróis do mar, nobre povo, Nação valente, imortal, Levantai hoje de novo O esplendor de Portugal! Entre as brumas da memória, Ó Pátria sente-se a voz Dos teus egrégios avós, Que há-de guiar-te à vitória, Às armas, às armas! Sobre a terra e sobre o mar, Às armas, às armas! Pela Pátria lutar! Contra os canhões marchar, marchar!

Esta noite "visitei-te"...

...e se não sabias, ficaste a saber que "olho por ti" e que só te quero bem. Não sou nenhum "anjo da guarda", longe disso, mas sei que há momentos em que o pouco que nos dão, é muito. E escusas de me "dar na cabeça" porque fá-lo-ei as vezes que forem necessárias, até que estejas em "porto seguro"... por isso trata de cumprir o que disseste e "põe-te fina"!!! E não, não estou com sono... mas agora já posso dormir descansado...

Pedro Abrunhosa - Se houver um anjo da guarda
Um homem contou-me
Que da montanha
Se toca o céu,
Que se encontrou ao subi-la
Mas ao descê-la
Se perdeu.
Viu rastos de cobra
E pegadas de leão:
"Esta vida não sobra
Quando se olha só para o chão!"

E tentou fugir do trilho,
Beijou o tempo como a um filho,
Acordou numa alvorada,
Já sem nada pr'a esconder
E então falou assim:

"Se houver
Um Anjo da Guarda
Que me abrace
E se guarde dentro de mim,
É tão só estar só no fim".

Outro homem contou-me
Que da cidade
Se vê o mundo,
Que é tão doce o desejo,
Que nenhum beijo
É profundo.
Viu escadas de ouro
E telhados de rubi,
Pensou que o maior tesouro
É cada qual saber de si.

E tentou fugir da sombra,
Dizer à luz que não se esconda,
Correu as ruas, uma a uma,
Já sem nada pr'a perder
E então gritou assim:

"Se houver
Um Anjo da Guarda,
Que me abrace
E se guarde dentro de mim,
É tão só estar só no fim".

"Se houver
Um Anjo da Guarda,
Que me abrace
E se guarde dentro de mim,
Porque é tão só estar só no fim."

"Se houver
Um Anjo da Guarda,
Que me abrace
E se guarde dentro de mim,
É tão só estar só no fim".

Porque é tão só estar só no fim.

sábado, 26 de junho de 2010

The National - Anyone's Ghost Castle Rock Session

São seguramente das minhas bandas preferidas de momento, os The National. Quando aqui falei neles disse que deviam estar para lançar um novo álbum, pelo que, desde Maio que ando viciado no álbum "Hight Violet", que é na minha opinião dos melhores do ano... Vão estar no Meco, no Festival Super Bock Super Rock no dia 18 de Julho. A não perder....

The National - Anyone´s Ghost
say you stay at home
alone with the flu
find out from friends
that wasn't true
go out at night with your headphones on, again
and walk through the Manhattan valleys of, the dead

didn't want to be your ghost
didn't want to be anyone's ghost
didn't want to be your ghost
didn't want to be anyone's ghost
but I don't want anybody else
I don't want anybody else

you said I came close
as anyone's come
to live underwater
for more than a month
you said it was not inside my heart, it was
you said it should tear a kid apart, it does

didn't want to be your ghost
didn't want to be anyone's ghost
didn't want to be your ghost
didn't want to be anyone's ghost
but I don't want anybody else
I don't want anybody else
I don't want anybody else
I don't want anybody else

I had a hole in the middle where the lightning went through it
told my friends not to worry
I had a hole in the middle someone's sideshow wouldn't do it
I told my friends not to worry

didn't want to be your ghost
didn't want to be anyone's ghost
didn't want to be your ghost
didn't want to be anyone's ghost

Sabe tão bem...

Se há coisa que adoro no Verão (e não só!) é pegar numa colher e comer meia meloa fresquinha... Sabe tão bem!!!
Foto daqui
PS: Na verdade, muitas vezes não me fico só por uma metade...

domingo, 20 de junho de 2010

"Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara..."

"Há ocasiões que é mil vezes preferível fazer de menos que fazer de mais, entrega-se o assunto ao governamento da sensibilidade, ela, melhor que a inteligência racional, saberá proceder segundo o que mais convenha à perfeição dos instantes seguintes."
José Saramago (1922-2010)

Booth and The Bad Angel - Dance of the Bad Angels

Se há músicas belas, se há letras marcantes, se há músicas que nos fazem pensar e ir mais além, esta é uma... Convido-vos a viajarem até Algures onde apenas eu sei ao som de Booth and the Bad Angel (Tim Booth e Angelo Badalamenti). Deixo a versão ao vivo em Glastonbury (com os "The Individuals, que também tive o prazer de conhecer na Aula Magna aquando da visita do Tim Booth a essa sala tão íntima), mas recomendo que oiçam a versão de estúdio aqui e vejam um belo vídeo "home made". Tim Booth e os James estarão no Campo Pequeno em Lisboa no dia 3 de Dezembro e no Porto no dia seguinte. A não perder, pois é algo sublime....
Booth and the Bad Angel - Dance of the Bad Angels

Booth and The Bad Angel - Dance of the Bad Angels
What a journey so hard to describe
Your harbour so small

The ocean so wide
Spin the wheel, spin the wheel
Go wherever she spins
Surrender to this wave that's rolling in

Homing fingers starting to dig
Raising expectations
Lifting the lid
There's a show going down going deeper within
I long to lose myself
Inside your skin

What a feeling under the stars
My body's rotating from Venus through Mars
There's a war going on
Between my head and my heart
I wonder how they grew
So far apart

I'm so shaken, about to explode
The myth of kissing princes
Is they turn into toads
There's a war going on
Between the sun and the moon
Before they come to terms we'll be consumed

Oh my god, please take me now
I'm ready for ascension if I only knew how
Give me wings give me wings
Now I'm stuck on the ground
Recieve this blood and bones
I'm homeward bound

See the statue growing wings
This singer was a virgin
Until he conceived
God is love, God is love
And her lover I'll be
I long to leave the world in ecstacy

Dance with me around this fire
The dance of bad angels
Who'd love to fly higher
God is love, God is love
And her lover I'll be
I long to lead the world in ecstacy