quarta-feira, 30 de novembro de 2011

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Bolo de Chocolate...

O meu obrigado público a quem deixou uma fatia de bolo de chocolate em cima da minha secretária. Estava uma maravilha, doce e nada enjoativo. É assim que se querem as coisas na vida...
...e neste momento que bem que me sabia que as coisas estivessem assim...

Um dia...

"Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.
Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela...
Um dia nós percebemos que as mulheres têm instinto "caçador" e fazem qualquer homem sofrer ...
Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável...
Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples...
Um dia percebemos que o comum não nos atrai...
Um dia saberemos que ser classificado como "bonzinho" não é bom...
Um dia perceberemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você...
Um dia saberemos a importância da frase: "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas..."
Um dia percebemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso...
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais...
Enfim...
Um dia descobrimos que apesar de viver quase um século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer o que tem de ser dito...
O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas as nossas loucuras...
Quem não compreende um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação."

Mário Quintana

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Reeve Carney - Rise Above 1 ft. Bono, The Edge - On repeat


Rise Above 1 (feat. Bono, The Edge) Reeve Carney
And you said rise above
Open your eyes up
And you said rise above
I can't
I can't

How long will it take
Before these feelings go away?
How much longer do I wait
And are there any real answers
Anyway?

Your silence in a crowded room
Louder than the loudest tune
I hang on every word
And you said rise above
Open your eyes up
And you said rise above
I can't
I can't

I miss you and everything
I was too fast traveling
To take you in, I know
But silence is no crime
Just wish could hear you fill it up one more time
Yeah, I know what you'd say to me
Exactly what you'd say to me
I still hang on every word

And you said rise above
Open your eyes up
And you said rise above
Yourself

In a time of treason
Is there time for trust
When there's no them, only us
Is there time for reason
Has your heart had enough?
Is there time to let go
And rise above

And you said rise above
Open your eyes to love
And you said rise above
Yourself

Novamente os beijos de cada signo... By Facebook

aqui tinha colocado algo acerca dos beijos dados pelos nativos do signo Leão, pois bem, ontem lá vi mais uma descrição dos beijos dados pelos leões, mais uma vez, não confirmo nem desminto 

O leonino acredita que beijar é uma arte.
Por isso, ele se esmera em percorrer docemente a boca do parceiro, alternando carícias suaves com outras mais ardentes.
Seu beijo tem gosto de paixão, de desejo, de força e intensidade.
Enfim, é um beijo de fogo, capaz de seduzir e incendiar.

domingo, 27 de novembro de 2011

Lykke Li - I Follow Rivers (Live on the Moon)


Lykke Li - I Follow Rivers
I Follow Rivers
Oh I beg you, can I follow
Oh I ask you why not always
Be the ocean where unravel
Be my only, be the water and I'm wading
You're my river running high, run deep run wild

[Chorus]
I I follow, I follow you deep sea baby
I follow you
I I follow, I follow you, dark boom honey
I follow you

He´s a message, I'm the runner
He's the rebel, I'm the daughter waiting for you
You're my river running high, run deep run wild

[Chorus]
I I follow, I follow you deep sea baby
I follow you
I I follow, I follow you, dark boom honey

I follow you

You're my river running high, run deep run wild
I, I follow, I follow you deep sea baby,
I follow you
I, I follow, I follow you, dark boom honey,
I follow you
I, I follow, I follow you deeps sea baby,
I follow you
I, I follow, I follow you, dark boom honey,
I follow you

[Repeat till end]
I, I follow, I follow you deeps sea baby,
I follow you
I, I follow, I follow you, dark boom honey,
I follow you

Shakespeare para nos fazer pensar na vida...

«Depois de algum tempo aprendes a diferença, a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E aprendes que amar não significa apoiar-se e que companhia nem sempre significa segurança. E começas a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas.

Acabas por aceitar as derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E aprendes a construir todas as tuas estradas de hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de algum tempo aprendes que o sol te queima se te expuseres a ele por muito tempo. Aprendes que não importa o quanto tu te importas, simplesmente porque algumas pessoas não se importam… E aceitas que apesar da bondade que reside numa pessoa, ela poderá ferir-te de vez em quando e precisas perdoá-la por isso. Aprendes que falar pode aliviar dores emocionais.

Descobres que se leva anos para se construir a confiança e apenas segundos para destruí-la, e que poderás fazer coisas das quais te arrependerás para o resto da vida. Aprendes que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias. E o que importa não é o que tens na vida mas quem tens na vida. E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. Aprendes que não temos que mudar de amigos se compreendemos que os amigos mudam, percebes que o teu melhor amigo e tu podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. Descobres que as pessoas com quem tu mais te importas são tiradas da tua vida muito depressa, por isso devemos sempre despedir-nos das pessoas que amamos com palavras amorosas, pode ser a última vez que as vejamos.

Aprendes que as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começas a aprender que não te deves comparar com os outros, mas com o melhor que podes ser.

Descobres que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que se quer ser, e que o tempo é curto. Aprendes que, ou controlas os teus actos ou eles te controlarão e que ser flexível nem sempre significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, existem sempre os dois lados. Aprendes que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer enfrentando as consequências. Aprendes que paciência requer muita prática.

Descobres que algumas vezes a pessoa que esperas que te empurre, quando cais, é uma das poucas que te ajuda a levantar. Aprendes que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que tiveste e o que aprendeste com elas do que com quantos aniversários já comemoraste. Aprendes que há mais dos teus pais em ti do que supunhas. Aprendes que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são disparates, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso. Aprendes que quando estás com raiva tens o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.

Descobres que só porque alguém não te ama da forma que desejas, não significa que esse alguém não te ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprendes que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes tens que aprender a perdoar-te a ti mesmo. Aprendes que com a mesma severidade com que julgas, poderás em algum momento ser condenado.

Aprendes que não importa em quantos pedaços o teu coração foi partido, o mundo não pára para que tu o consertes. Aprendes que o tempo não é algo que se possa voltar para trás.

Portanto, planta o teu jardim e decora a tua alma, ao invés de esperares que alguém te traga flores. E aprendes que realmente podes suportar mais… Que és realmente forte, e que podes ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. E que realmente a vida tem valor e que tu tens valor perante a vida!

As nossas dúvidas são traidoras e fazem-nos perder o bem que poderíamos conquistar se não fosse o medo de tentar.»

William Shakespeare

Fado, uma bandeira nacional - Património da Humanidade

Tudo isto é triste, tudo isto é fado...

Bem-vindos ao Inferno da Luz...

Se dúvidas houvessem acerca de qual o melhor clube português da actualidade (e de sempre!), ontem foram dissipadas com a vitória do SPORT LISBOA E BENFICA sobre o "spórtem". A lagartagem andava inchadíssima e com o choradinho habitual (e desde que tem o Choramingas Paciência como técnico...ui!) tentou condicionar o ambiente do jogo, dentro e fora do relvado. Pois bem, fica para a história uma magnífica vitória do Benfica, tendo a mesma sido obtida com algum sofrimento, em virtude da expulsão de Oscar "Tacuara" Cardozo, que levou o Benfica a jogar com menos um jogador Durante meia hora. O grande Javi Garcia (foto de www.record.pt) encarregou-se de colocar a lagartagem no seu lugar, apesar de, como sabemos, nas próximas semanas a desculpa deles será semelhante à usada em outras ocasiões com os "túneis", desta vez será a caixa de segurança criada na Luz para "acondicionar" os adeptos (animais?!) das equipas adversárias. Pois bem, a razão de ser da referida caixa de segurança (jaula para os lagartos) foi ontem justificada pelo comportamento vergonhoso dos adeptos verdes, que provocaram um incêndio na Luz, queimando as cadeiras do sector onde estavam colocados. Adeptos lagartos esses, que insistem ser uns "santos", esquecendo muitas vezes que são os mesmos que quiseram criar uma "nova Batalha de Aljubarrota", recebendo os adeptos do Atlético de Madrid à pedrada ou invadiram o campo de Alvalade, munidos de estandartes, aquando da marcação de um golo do Benfica, não tendo resultado em consequências mais graves, devido à "moca" com que os mesmos estavam, fruto da droga e álcool consumidos. Sim, os adeptos do Benfica muitas vezes também caiem em excessos, como tal, não vejo inconveniente em que se criem estruturas semelhantes em outros estádios, não ficando chocado com isso. Antes de falarem na caixa de segurança, recordem-se que têm um fosso na WC de Alvalade, onde há bem pouco tempo dois adeptos caíram, ficando feridos. Enfim, desculpas de mau perdedor. Por muito que lhes custe, grande mesmo é o SPORT LISBOA E BENFICA!!! E agora, podem continuar a falar do Benfica, pois só revelam a nossa grandeza e nos tornam mais fortes!

CARREGA BENFICA RUMO AO TÍTULO!!!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

sábado, 19 de novembro de 2011

Huggy, Dean Newton - Get Lifted (Indian Summer) feat. Sam Obernik (Seamus Haji Vocal Edit)

Manhã e parte da tarde passada no ginásio... e terminar com sauna é simplesmente perfeito!
Don´t give up the fight work your body and your mind... LIVE YOUR LIFE, GET LIFTED!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Uma frase propósito do último post...

Uma frase que reflecte bem o espírito que refiro...

"Some men see things as they are and ask why, i dream things that never were and ask why not..."

Robert F. Kennedy

Inconformismo...

Há pessoas que nada fazem e se conformam com os resultados, outras há que tentam primar pela diferença e o seu inconformismo muda o rumo das coisas, estas são aquelas que nos servem de exemplo e marcam...

terça-feira, 15 de novembro de 2011

The Passengers - Your Blue Room


The Passengers - Your Blue Room
It's time to go again
To your blue room
Got some questions to ask of you
In your blue room

The air is clean
Your skin is clear
I've had enough of
hanging round here
It's a different kind of conversation
In your blue room

Saw me coming
In and outside
Saw me coming
Somewhere to hide
And time is a string of pearls
Your blue room

Once again
See the future just hanging there
Your blue room
A new frame
A new perspective
Looking down on my objectives
Your instructions
Whatever their directions
Your blue room

Saw me coming
East by the moon
Saw me coming
Can you feel

(It's allright)

Your blue room
One day I'll be back
Your blue room

Yeah, I hope I remember where it's at
Your blue room
We see me slide down
Won't you give me a home
So much for change

Zooming in
Zooming out
Nothing I can't do without
A lense to it all up close
To Magnify what no one knows
Never in company
Never alone
No car alarm
No cellular phone

Em frente...

Há alturas em que por mais que queiramos, não podemos parar, seja qual for o nosso estado de espírito. Custa, dói, mas ninguém disse que na vida não há tempestades e, apesar de sofrermos com elas, o importante é não naufragar entre as marés mais revoltas, mesmo que por vezes nos sintamos à deriva e sem rumo...
Em frente...

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Feliz Aniversário S...

Feliz Aniversário S.!!! :-))


Hoje é o seu dia e apesar de não estar a 100%, estou certo que dentro em breve vai estar a 200%, como aliás é habitual! Uma S. sem estar a 200% não é a S. que conheço e que tanto gosto de ver dessa forma.
Determinada, confiante, corajosa, mas acima de tudo uma Amiga, daquelas que tem estado sempre presente e tem sabido tirar o melhor de mim. Impossíveis não existem para si, apenas obstáculos mais complicados de ultrapassar, nunca impossíveis... como tal, foi um exemplo para mim e, um suporte importante nesta luta que travei durante 4 anos, talvez o mais importante, pois não teria entrado para a faculdade quando entrei e se calhar, não teria saído quando saí, entre muitas outras coisas que fez pelo "meio". Fez parte da "estrelinha" que me acompanhou ao nível "terreno". Muito Obrigado. Estou-lhe grato pelo que fez e por quem é, considerando-a antes de mais como uma Amiga, que muito estimo e quero bem. 

Quero que passe um dia fantástico, na companhia de todos aqueles que ama...em suma, que seja um dia muito muito muito feliz!!!

Muitos Parabéns e um grande beijinho!!!

sábado, 12 de novembro de 2011

Talvez seja um cliché, mas...

"Não trates com prioridade quem te trata como opção..."

The Killers - Ultra Violet (Light My Way) - 20 anos de Achtung Baby

Lançado no dia 19 de Novembro de 1991, comprei-o na manhã em que saiu em Portugal e explorei-o até ao último recanto, música a música, letra a letra... Um dos álbuns da minha vida, "Achtung Baby" dos U2, comemorou os 20 anos de vida e a "Q Magazine" lançou um disco de tributo denominado "Ahk-Toong Bay-Bi", onde se inclui esta cover fantástica dos Killers, "Ultra Violet (Light My Way)", uma das música que em 91 me ficou logo...

U2 - Ultra Violet (Light My Way)
Ooooh....
Sometimes I feel like I don't know
Sometimes I feel like checkin' out
I wanna get it wrong
Can't always be strong
And love it won't be long
Oh sugar, don't you cry
Oh child, wipe the tears from your eyes
You know I need you to be strong
And the day is as dark as the night is long
Feel like trash, you make me feel clean
I'm in the black, can't see or be seen

Baby, baby, baby...light my way
Alright now...
Baby, baby, baby...light my way

You bury your treasure
Where it can't be found
But your love is like a secret
That's been passed around
There is a silence that comes to a house
Where no one can sleep
I guess it's the price of love
I know it's not cheap

Oh, come on...
Baby, baby, baby...light my way
Oh, come on!
Baby, baby, baby...light my way

Oooh...ultraviolet...
Oooh...ultraviolet...
Oooh...ultraviolet...
Oooh...ultraviolet...

Baby, baby, baby...light my way

I remember
When we could sleep on stones
Now we lie together
In whispers and moans
When I was all messed up
And I had opera in my head
Your love was a light bulb
Hanging over my bed

Baby, baby, baby...light my way
Oh, come on...
Baby, baby, baby...light my way

Oooh...ultraviolet...
Oooh...ultraviolet...
Oooh...ultraviolet...
Oooh...ultraviolet...

Baby, baby, baby...
Baby, baby, baby...
Baby, baby, baby...light my way

Baby, baby, baby...
Baby, baby, baby...
Baby, baby, baby...light my way

Baby, baby, baby...
Baby, baby, baby...light my way

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Quero o que queres* e não o que querem que eu queira...

De nada adianta empurrarem-me para os braços de quem não quero, de quem nada sinto. O meu coração é um rebelde, irreverente de tal forma que só dá ouvidos a si próprio e ao seu instinto selvagem. Só é domado por quem o excita e faz bater mais forte, porque é cego de amar e quer acreditar. Não aceita imposições, não aceita esta ou aquela, quer somente quem o alimenta, quem o desperta. É isso que o faz viver, é isso que me faz viver. Tudo o resto são ilusões que não quero viver obrigado. A escolha é dele e só a posso respeitar. Domesticar algo selvagem é matar a sua essência, é transformá-lo em algo totalmente diferente daquilo para que foi concebido, é encarcerar o que só pode ser livre, sob pena de o matar...

Frequentemente tenho sido posto à prova, elogiam-me, transformam-me em algo que não me vejo por mais que queira, tentam-me, como que dizendo, és especial, és aquele, quero-te, aqui e agora. Vem...Estou aqui, não me tomas porquê? Não sucumbes às tentações e ao desejo? És maricas? Só podes.. outros querem e tu nada, recusas-me como ninguém, em nome do quê?! Não, não sou maricas... Não, não quero. Não me consigo enganar, sei que ao ceder estarei a trair-me e àquele que bate selvagem pela sua liberdade e desejo, engano-me a mim próprio, a ele, e a quem o faz despertar, e isso é algo difícil de aceitar. É como se cometesse um crime contra mim próprio, e a maior pena, seria não aquela que a sociedade me iria impor, mas a minha própria censura ética e moral. No entanto, aqui e ali lá estão elas, desnudadas, acenando-me para um banho bem quente ou uma cama bem larga com lençois de cetim e aspecto acolhedor, com ofertas e com palavras, oferecendo-me prazer e luxúria. O telefone continua a tocar e continuo sem ceder, porque não são elas que quero, não são elas que desejas e não são elas que te fazem viver, que me fazem viver. Se o fizer, não só as enganarei a elas, como me enganarei , bem como àquele a quem devo fidelidade, sob forma do meu coração e à sua escolha, por mais controversa que seja...

A isto chama-se fidelidade, a isto chama-se liberdade, a isto chama-se respeitar, a isto chama-se amar...
O pouco que tenho a ganhar, vale tudo o que possa vir a perder...
Estou disposto a isso...
Quero o que queres* e não o que querem que eu queira...

*o meu coração

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Li algures...

"Eu não sei dizer se é esse teu sorriso
Que me encanta e me fascina
Ou se é esse teu olhar que me domina
E que me prende
Não sei dizer ainda se é esse teu jeito que me atrai
E que me acende
Mas certamente há algo de especial entre nós
Que a esta realidade suplanta, transcende"

Augusto Branco

sábado, 5 de novembro de 2011

Podia ser a "Verdade dos (meus) sentimentos" e talvez de muitos...

Talvez aquilo que já tenha tentado escrever sem sucesso, mas sem dúvida algo que podia ser a verdade dos (meus) sentimentos e talvez de muitos...

"A verdade dos sentimentos" por Sílvia Maria, que poderão encontrar no seu blogue "...Preto no Branco..."

"Gosto de ti", era o que gostaria de repetidas vezes dizer-te ao ouvido ou olhos nos olhos. Talvez seja um erro escrevê-lo mas é o que sinto e como com todas as coisas que sinto eu exteriorizo pela minha escrita. Está aqui em palavras unidas por um mesmo objectivo, apenas falar, apenas dar a conhecer que no meio de coisas que separam, no meio de coisas que impedem, o que sinto não desaparece nem se esconde, antes pelo contrário, tenta encontrar-te mais depressa para que não me fujas, para que não te escondas de mim.
Mesmo sendo palavras que ecoam no silêncio elas existem presas a um sentimento real, verdadeiro, de vontade de ter-te perto, de ter-te simplesmente por ter-te, de querer-te por seres tu.
Talvez se o vivesses o sentisses, o tivesses em ti como eu o tenho e se conseguisses entende-lo na sua forma mais simples o prendesses em ti. Pode não ser dos melhores do mundo, ou o mais bonito, ou o mais atraente, pode não ser a historia encantada mas é algo meu, de mim para ti e só por isso mais ninguém o tem."

Fort Minor - Where'd You Go?


Fort Minor - Where´d You Go?
Where'd you go?
I miss you so,
Seems like it's been forever,
That you've been gone.


She said "some days I feel like shit,
Some days I wanna quit, and just be normal for a bit,"
I don't understand why you have to always be gone,
I get along but the trips always feel so long,
And, I find myself trying to stay by the phone,
'cause your voice always helps me to not feel so alone,
But I feel like an idiot, workin' my day around the call,
But when I pick up I don't have much to say,
So, I want you to know it's a little fucked up,
That I'm stuck here waitin', at times debatin',
Tellin' you that i've had it with you and your career,
Me and the rest of the family here singing "where'd you go?"


Where'd you go?
I miss you so,
Seems like it's been forever,
That you've been gone.
Where'd you go?
I miss you so,
Seems like it's been forever,
That you've been gone,
Please come back home...


You know the place where you used to live,
Used to barbecue up burgers and ribs,
Used to have a little party every halloween with candy by the pile,
But now, you only stop by every once and a while,
Shit, I find myself just fillin' my time,
With anything to keep the thought of you from my mind,
I'm doin' fine, I plan to keep it that way,
You can call me if you find that you have something to say,
And I'll tell you, I want you to know it's a little fucked up,
That I'm stuck here waitin', at times debatin',
Tellin' you that i've had it with you and your career,
Me and the rest of the family here singing "where'd you go?


Where'd you go?
I miss you so,
Seems like it's been forever,
That you've been gone.
Where'd you go?
I miss you so,
Seems like it's been forever,
That you've been gone,
Please come back home...


I want you to know it's a little fucked up,
That I'm stuck here waitin', no longer debatin',
Tired of sittin' and hatin' and makin' these excuses,
For why you're not around, and feeling so useless,
It seems one thing has been true all along,
You don't really know what you've got 'til it's gone,
I guess I've had it with you and your career,
When you come back I won't be here and you can sing it...


I miss you so,
Seems like it's been forever,
That you've been gone.
Where'd you go?
I miss you so,
Seems like it's been forever,
That you've been gone,
Please come back home...
Please come back home...
Please come back home...
Please come back home...

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Porque a boa disposição é necessária... Ricky Martin & Joss Stone - The Best Thing About Me Is You


Ricky Martin & Joss Stone - The Best Thing About Me Is You
I'm as happy as I can be
Cause I'm allergic to tragedy
The doctor says something's wrong with me
The smile on my face has no remedy

So Baby, don't say no
Come on and just say yes
You know it's time to keep it simple
Let's take a chance and hope for the best

Life is short, so make it what you wanna
Make it good, don't wait until mañana
I think I'm cool cause your name's on this heart shaped tattoo
The best thing about me is you

I cryin' days on our history [history]
I had a change of philosophy [philosophy]
I take each day as it comes to me
And I won't take myself all that seriously

So Babe, don't say no
Come on and just say yes
You know it's time to keep it simple
Let's take a chance, and hope for the best

Life is short, so make it what you wanna
Make it good, don't wait until mañana
I think I'm cool cause your name's this heart shaped tattoo
Hon, the best thing about me is you.

It's you
Oh baby, now I see it's you
(Now the best thing, the best thing)
Oh yes it is
(It's true)

Take off your shoes, lay back, and take a load off
Give me your blues, let me love it away
Nothing to lose, so don't act like such a grownup
Stay out all night in the moonlight with me

(Don't say no; don't say no)
Come on and just say yes
You know it's time to keep it simple
Let's take a chance and hope for the best

Life is short, so make it what you wanna
Make it good, don't wait until mañana
I think I'm cool cause your name's on this heart shaped tattoo
Now the best thing about me is you

It's you
Now the best thing, the best thing, the best thing
About me is you
Now the best thing about me is you.
The best thing about me is you.
The best thing about me is you.
The best thing about me is you

Frase do Dia...

‎"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é possível fazer sentido. Eu não: quero é uma verdade inventada"

Clarise Lispector