segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Não suporto mais pertencer a tudo...

"Arranca metade do meu corpo
Do meu coração,
Dos meus sonhos.
Tira um pedaço de mim,
qualquer coisa que me desfaça.
Me recria,
porque eu não suporto mais pertencer a tudo,
mas não caber em lugar algum."
 
José Saramago

10 comentários:

Maria disse...

Saramago como só ele!
Boa semana
Maria

Algures disse...

Maria,

Controverso, mas de uma genialidade... :-)

Boa semana também para ti...
Beijinhos*

Alexandra disse...

Rise up, se faz favor!


http://www.youtube.com/watch?v=zoMYU_nOGNg


Beijinho*

Algures disse...

Alexandra,

Rised up... :-)
O que tu te vais lembrar rapariga...

Beijinho*

Alexandra disse...

Se não existisse tinha de ser inventada! Nas tuas mãos tens o poder de mudar o teu mundo, não deixes o tempo passar, nem delegues essa responsabilidade a alguém que não tu!

Beijinho*

Freyja Pt disse...

Saramago sabia o que escrevia...se sabia....
Estás a ver...aqui até concordo um pouco...o contexto em que foi escrito desconheço mas aplica-se a imensas situações...

Beijo*

Algures disse...

Alexandra,

Disso não haja dúvidas!
Quanto ao poder de mudar o nosso mundo, somos os primeiros responsáveis por isso, mas não os únicos que o influenciam... mas não deleguei em ninguém.

Beijinho*

Algures disse...

Freyja,

Sabia mesmo.
Concordas?! Não podemos discordar em tudo! A verdade é que temos sempre de adaptar as palavras a algo ou alguém... Sim, aplica-se a muitas situações.

Beijo*

araparigasimples disse...

o saramago esse sábio, tão mal tratado por nós.
ele sim pertence aos grandes que cabem em todo o lugar.
um beijinho

Algures disse...

Araparigasimples,

Infelizmente tens muita razão no que dizes. Só com o Nobel passou a ser mais "apreciado", ainda assim, na sua morte, a mais alta figura de Estado, colocou uma questão pessoal em frente das honras de Estado. Enfim, nada que tivesse surpreendido vindo de quem veio.... Está num sítio que poucos alcançam - em todo o lado! :-)

Um beijinho*