quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Esta frase dá que pensar....

"Não há enganos entre nós, só as coincidências explicam os afastamentos que nos unem."
Francisco José Viegas
 

4 comentários:

araparigasimples disse...

a outra diz que " Não há coincidências" eu cá não sei se há ou não!
Beijinho

Algures disse...

Araparigasimples,

Acho que a "outra" não está enganada, isto porque às vezes parece que há coisas que estão mesmo destinadas a acontecer. Por outro lado, quer-me parecer que há coincidências, algumas delas bem agradáveis! :-)

Beijinho*

Freyja Pt disse...

Para mim há coincidências, claro que há....talvez não tanto quanto as pessoas por vezes pensam, mas existem...agora serem consequências de ...não creio...nada mesmo...afinal enganos temos todos nós ao longo da nossa vida, e esses não são com toda a certeza coincidências.

Beijos**

Algures disse...

Freyja,

Se ainda penso na frase que aqui pus e que me "baralha", como se pode retirar da resposta que acima, tu com a tua resposta, fizeste-me olhar de uma outra maneira para a frase. Sim, pode haver coincidências e estas podem "unir" duas pessoas distintas, na medida em que as pessoas podem não ter nada em comum e ainda assim, verem-se "unidas" por força desse engano que os juntou ali.
Obrigado pela ajuda na "nova visão" com que "olhei" para esta frase...:-)

Beijo*