terça-feira, 8 de outubro de 2013

Merda, e agora?

"Todos temos em algum momento um coração partido. Rasgaram-nos a pele sem a mínima contenção pelos estragos que pudessem ser causados. Foderam-nos a razão, a emoção e tudo o que de mais veio à mão. Sem dó nem piedade, deixaram-nos na merda. Somos infelizes naqueles momentos que se seguem. Incapazes de sorrir ou tolerar a companhia seja de quem for. Só nos suportamos a nós, e mesmo assim a custo. Vemos o nosso reflexo no espelho e o que este nos retribui é uma figura pálida, triste e nua que nos olha com aqueles olhos que já nada sentem.
Como é possível que alguém nos mate e mesmo assim nos deixe com vida, com o único propósito de assistirmos a esta merda de existência? Começamos a questionar o que é o amor, o que é a paixão, começamos a racionalizar o porquê, o quando e o como. Não vale a pena, é o que é, foi o que foi. E o que resulta é isto. O nosso reflexo no espelho. Uma figura escanzelada, desprovida de compaixão própria. Mera existência que agora somos.
Achamos que nunca vai acabar. Somos a personificação do sofrimento. Até a um dia. Um dia olhamos para o espelho e vemos um sorriso. Questionamos, o que raio está aquilo ali a fazer. Intrigados sorrimos de novo só para o ver. É genuíno. Temos prazer no sorriso. No dia seguinte descobrimos a razão. Estamos livres. Somos nós novamente. Não há mais dor. Acabou. Não morremos.
Até ao dia. Em que nos tocam e ficamos a olhar para aquela pele que toca na nossa e nos sentimos a sorrir novamente. Merda, e agora? Vamos passar por tudo novamente? Mas agora é diferente, não sentimos dor, mas um sufoco. Questionamos e agimos como parvos que perderam o jeito para andar. Tropeçamos em nós próprios e tentamos a custo aguentarmo-nos. Onde havia dor há agora parvoíce. Mas sentimo-nos vivos. O nosso reflexo ganha cor, ganha existência, sorri-nos de volta."
 
Autor Anónimo

36 comentários:

Suricate disse...

Merda nada, isso é bom!!! É estar vivo, é vibrar é sentir outra vez! E se tiver que ser sofrer outra vez, que seja, não há vida sem dor, como não há vida sem amor. Importa mesmo é estarmos vivos.

jinhoooosssss

Ann disse...

Agora: sorri :)
Este é o ciclo da vida...
Beijoca :)

Palavras soltas disse...

Agora temos que acreditar que vai ser mesmo diferente e seguir em frente, sem medo. E se cairmos, erguemo-nos e recomeçamos.

Sibilla A. disse...

:) Um dia...

bailarina disse...

Parte do texto descreveu-me na perfeição agora... só me suporto porque tem se ser, e tem alturas que tenho perfeita consciência aquela pessoa que vejo refletida no espelho está insuportável!

O medo de secar ou de ganhar medo e não voltar a deixar ninguém entrar como deixei desta vez, anda a assustar-me!

Quanto a ti meu querido Algures Alexandre... possa... que feliz estou por estas palavras. Podem ser de um desconhecido, mas querem dizer algo, caso contrário não estariam aqui! A parvoíce de duas pessoas apaixonadas é de uma beleza enternecedora. A primavera é a estação do ano que se vive, independentemente se os zeros graus se fazem sentir!

Um beijinho grande e o resto de um dia feliz, carregado de sorrisos!

A Minha Essência disse...

Esta é a parte da bonanza. ;)

Moonlight disse...

Mesmo não querendo passar tudo novamente, essa "parvoíce" não pede licença, entra simplesmente para dentro de nós.

E nós passamos a sorrir ... que boa que é essa parvoíce .... saudades :)

Beijinhos*

Moonlight disse...

Mesmo não querendo passar tudo novamente, essa "parvoíce" não pede licença, entra simplesmente para dentro de nós.

E nós passamos a sorrir ... que boa que é essa parvoíce .... saudades :)

Beijinhos*

AC disse...

Chama-se recomeçar. e todos os dias é um bom dia para iniciar um novo ciclo. Mereces tanto ser feliz, quem sabe não chegou agora a tua hora. Deixa a porta aberta, deixa o sol entrar.

Beijinho enorme:)))

Freyja Pt disse...

Este texto tem o seu Q de verdade...depois...depois olha-se para a frente...sempre...

Afinal é para isto que aqui andamos...o que é a vida se não um ciclo?!?!

Beijo*

Algures disse...

Suricate,

Concordo contigo! Isto é o voltar à vida de alguém que tinha ficado, algures, afastado dela. É sentir outra vez como tão bem dizes. E sim, isso é bom! :-)

Beijinhossssssssss*

Algures disse...

Ann,

Definiste esta situação tão bem. É o ciclo da vida, mesmo! Perante algo assim, o melhor mesmo é sorrir e... seize the moment! :-)

Beijoca*

Algures disse...

Palavras Soltas,

Os "medos e fantasmas" impedem-nos de viver as coisas na plenitude. Criam-nos barreiras e muros, como que dizendo - não cometas os mesmos erros novamente! Espera aí, mas quais erros? Quero é viver! Já dizia António Variações...
O que nos define na vida, não é como caímos, mas como nos levantamos! E, porque não recomeçar se a vida nos dá essa chance... :-)

Beijinho*

Algures disse...

Sibilla,

Um dia... quem sabe um dia, "o nosso reflexo ganha cor, ganha existência, sorri-nos de volta" :-)
Carpe diem!

Beijinho*

Algures disse...

Bailarina,

O teu espelho está com defeito! Troca-o! Não te merece... :-)
O medo. Sim, é esse que nos impede de ser quem realmente somos. Impede-nos de sorrir, de amar, de sentir, sob uma alegada capa de defesa do nosso Eu. Sei tão bem o que sentes. Believe me...
Este texto li-o algures, onde já nem eu sei (facebook creio) e, fiquei com ele nos rascunhos. Está tão bom! !Acho que define bem uma fase da vida que todos acabamos por passar, e esse é o principal motivo de aqui estar. O meu sorriso, vai aparecendo a espaços, com mais cor, esperando um dia poder dizer um "merda, e agora?". Todos queremos dizê-lo. Todos queremos senti-lo. E concordo tanto com as tuas palavras finais...
Obrigado pelas tuas sentidas palavras Bailarina! :-)

Um beijinho grande e um dia carregado de sorrisos também para ti! Resmas! :-)

Algures disse...

A Minha Essência,

É mesmo! É o cair, e o levantar... sorrindo! :-)

Beijinhos*

Algures disse...

Moonlight,

Só não queremos passar pelo que nos fez mal, pois tudo o resto, faz-nos um bem terrível! Com passos subtis, entra em nós e faz-nos sorrir, essa "parvoíce" que todos queremos sentir e que nos faz tão bem... :-)
Há saudades boas, porque são reflexo de algo que vivemos e que simplesmente, queremos viver de novo...

Beijinhos*

Algures disse...

Atenciosa,

É isso mesmo, um recomeço! Do autor... mas, quem sabe um dia, do plagiador! Todos os dias, são um bom dia para começar. Todos merecemos essa felicidade, uns mais que outros é certo, mas repara, se todos fossem tocados por essa felicidade, estou certo que o mundo seria bem melhor. :-)

Beijinho enorme! :-)

Algures disse...

Freyja,

A meu ver, este texto tem tanto de real, mas tanto... Quantos de nós já não passaram por isto? Quantos?! Arrisco-me a dizer que, cada uma das pessoas que aqui comentou, já passou por este ciclo. Eu já...
Olhando em frente... :-)

Beijo*

nos"entas!!!! ( e feliz) disse...

É isso tudo... mas a dor e o sofrimento fazem parte de amar...
e do DES"amar"....
haja coragem para recomeçar e tomates para cair noutra :)
beijokas :)

Algures disse...

Nos"entas!!!!( e feliz),

Sim, a dor e o sofrimento fazem parte do amar e do (des)amar. Temos de aprender a lidar com eles. Haja coragem para recomeçar... :-)

Beijocas*

Freyja Pt disse...

E nada como olhar em frente...sempre...

;)

**

bailarina disse...

Algures,

O espelho estava perfeito! Já estou mais calma, já não embirro com o planeta. Agora apenas ando mais tristinha, mas sei o porquê dessa tristeza. É só interiorizar, assimilar...

Não precisas agradecer. E sabes?! Ainda te vou ouvir dizer: "merda, e agora?", ficar à espera de notícias, de mais sorrisos e de sentimentos que falam por ti,

E resmas de tudo de bom. Beijinho

Algures disse...

Freyja,

Olhar para trás não nos serve de nada, apenas para aprender com os erros. Olhar em frente, sempre.

Beijo*

Algures disse...

Bailarina,

Não, não estava. Não está. Pelo menos enquanto te vir dessa forma.
Os porquês são fáceis de identificar, o problema é solucionar. Assimilar? Não devemos assimilar os porquês das tristezas ou essas mesmas. Temos de as curar e expulsar...
Tenho pois. Gostava que tivesses razão, mas.. não sei. Será? E quando esse dia acontecer ainda seguirás o Algures?! Eheheheh :-)
Desejo para ti, o mesmo que me desejas. Sinceramente.

Beijinho*

bailarina disse...

Algures,

Se não aceitar não saiu do lugar... e eu não vou ficar no lugar. Tenho de seguir em frente, mesmo que o seguir em frente implique que faça mudanças. Neste momento estou apenas triste, o que é normal. Já não estou zangada, revoltada! E triste é normal, dadas as circunstâncias. Tenho de aprender com o que se passou, guardar o que foi bom e seguir o meu caminho. Nunca pensei que ficasse tão longe desse alguém.

E claro que tenho razão! Até porque não podemos procurar o amor, ele é que nos encontra... e se por alguma circunstância da vida, não andarmos por aqui, mandas-me um fax. :)
Eu diria que não será assim tão longe esse dia, basta o peito estar livre. Completamente livre!

Obrigada e o resto de um bom fim de semana.

Beijinhos

Algures disse...

Bailarina,

É tudo uma questão de perspectiva, porque em certos momentos acho que a nossa opinião se aproxima.
A tua tristeza é natural. És humana e dotada de sentimentos, como tal, ferida que estás, sentes-te dessa forma. É isso mesmo que tens a fazer. Em frente!
Sabes, acho que cada vez sei menos acerca do amor. Mando-te um fax?! Mas eu nem tenho o número... e, quando isso acontecer, já não se usa fax! É outra coisa que agora "nãomalembro".
O peito está livre, e nós? Estaremos?

Bom fim de semana...
Beijinho*

bailarina disse...

Olha agora... e quem te disse não será daqui a uns tempos curtos?!

Mas não responder à pergunta que colocaste... Não sei quando estaremos?! Não se se estamos livres! Aliás... eu não me sinto livre.

Quanto ao fax, pode ser também por sinais de fumo, um email ou um postal!

Bisou só para ser diferente :)

Algures disse...

Bailarina,

Sinceramente, já sou eu que digo, mas quem sabe não tens razão! Quem sou eu para contrariar a tua douta opinião?!

Pois, neste momento acredito que não estejas...

Não te esqueças de mandar o endereço então, se não ainda sou acusado de spam! Eheheheh!

Bisou :-)

bailarina disse...

Algures,

Por vezes não gosto de ter razão, embora desta vez adorava ter toda a razão do mundo! Mas podes contrariar a minha opinião, a nossa opinião é válida.

Depois tratarei do endereço, é que já ando a comer letras, o que revela já devo horas ao edredon...

E desta vez, bisous :)

Algures disse...

Bailarina,

Eu sei que te posso contrariar, mas seria bom que tivesses razão, daí que no fundo te queira "entregar" a razão.

Revela que comes letras e que eu não percebo nada de francês. Basicamente é isto eheheheh :-)

Bisous!

bailarina disse...

Bom dia,

(ainda à espera da boleia do mano e cunha)
Entendo perfeitamente. Talvez no fundo, bem lá no fundo, acreditas um pouco na minha razão. A esperança faz-nos andar para a frente...

Ontem acabei a comer palavras. Fartei-me de rir agora ao ler os meus comentários. Deslexia do sono ehehehehe

Beijinho em francês, porque o inglês anda a fazer-me rir durante a semana. Depois explico-te como correm as aulas... aí que jasus...

bailarina disse...

Dislexia e não deslexia.... queres ver que o edredon ainda chama por mim? lol

;)

Um bom domingo, bem solarengo!

Algures disse...

Boa tarde Bailarina :-)

No dia em que o ser humano perder a esperança, ele deixa de viver. Como tal, talvez seja isso que subsiste - a esperança de que a vida sorria a esse nível e que o torne ainda mais igual aos outros. Afinal, nem sempre primamos por querer ser diferentes... Estás a ver porque te "entreguei" a razão sem dar muita luta?!

Eu nem me apercebi de nada... Sou um básico em francês e, também como as letras (e não preciso de ter sono!). Hajam gargalhadas, é bom sinal!

Beijinho em inglês, que é para ir como deve de ser... Bom Domingo e boa viagem!

Kiss kiss*

PS: Logo o edredon vai-te chamar! De certeza!

bailarina disse...

Boa noite,

Gargalhadas é bom!!!

A viagem correu bem, principalmente na parte que se enganaram e se meteram nas curvas da serra da Lousã... tanto "s" jasus. E um dia depois e ainda vejo a vida ao zingue zangue. Juro que não bebi vinho!

Kisses e uma boa semana!

Ps: o edredon gritou por mim ontem e já chama por mim novamente. Este senhor gajo tem uma paixão por mim...

Algures disse...

Bom dia,

Gargalhadas é fantástico. Do melhor que há... :-)

Nem imaginas o que percebi à primeira vez que li isto (às primeiras horas da manhã...). Percebi "na parte em que se engaTAram e se meteram nas curvas (...)". Ahahahahahah! Devia dormir mais umas horas, isso sim! E também não bebi... nem vinho nem nada!!!

Kisses e uma excelente semana também para ti! :-)

PS: Ele lá sabe o porquê... há paixões assim! De gritos! Eheheheh :-)