quarta-feira, 24 de julho de 2013

A importância das pessoas...

As pessoas que decidem ter um papel na nossa vida e fazem por ganhar o seu espaço na mesma, têm a importância que se lhes reconhece e, como tal, têm um tratamento distinto, no qual só não têm de mim o que não conseguir fazer por elas. Merecem isso e muito mais. As outras, são isso mesmo, outras... têm o tratamento de respeito que as demais merecem, mas não esperem o mesmo esforço da minha parte por quem faz por o merecer. Tenho dito...

6 comentários:

Alexandra disse...

Escrevi isto esta semana: "És bom não por aquilo que fazes, mas pela capacidade de falares e ficares a sós contigo. A verdadeira validação vem de ti e não dos outros, aliás, como podem os outros validar-te ou reconhecer-te quando eles mesmos não são um exemplo e não se respeitam?
Sê fiel aos teus ideias porque é a palavra chave ao bom funcionamento da tua vida. Quantas vezes baixaste os padrões de exigência por medo de ficares a sós contigo, com o pior ou melhor de ti? Quantas vezes deixas de ouvir a voz da verdadeira razão e assimilas apenas os ecos do passado? Já pensaste, já sentiste que o pior campo de minas do presente é a lixeira do passado?
Olha, olha-te porque ao longo da vida tudo muda, até mesmo tu e entende que nessa mesma vida momentaneamente aparecem balões que te oferecem um novo oxigénio, um novo alento, uma remodelação da tua forma de pensar e estar sem pedir que deixes de ser TU!
Faz falta mais resistência emocional nesta humanidade. Faz falta humildade, integridade e, fundamentalmente, lealdade. Enquanto não houver lealdade é impossível acreditar e aceitar, amar o outro como ele é.

Atreve-te a enfrentar os teus medos e pára de olhar o teu presente, as tuas escolhas do agora com os olhos do passado.

Quanto mais lixo comes, menos és!"


Boa continuação de semana e ficarei por aqui como leitora :)

shakti disse...

Eu sempre disse que as pessoas têm na nossa vida a importância que NÓS e apenas NÓS queremos dar!!!

Um beijo

Ann disse...

Não tenho nadinha a acrescentar. É tudo isso :)
Beijinho

Algures disse...

Alexandra,

Obrigado pelas tuas palavras. Confesso que esta semana ainda não te tinha lido. Se calhar foi obra do acaso para me deixares a pensar com este texto, com o qual concordo e entendo teres muita razão. Ainda assim, ainda que leais ao nosso pensamento, humildade e forma de estar na vida, é difícil vivermos apenas com o nosso reconhecimento, pois não conseguimos ser um barómetro de tudo o que fazemos e, a nossa emoção por vezes tolda-nos a razão, daí que estejamos sempre sujeitos a outras visões. Que essa influência não mude a nossa forma de ser e nos mantenha naquele caminho que consideramos correcto.

Um beijinho e uma vez mais, obrigado. És a seguidora 50! :-)
Uma boa semana!

Algures disse...

Shakti,

É verdade. Quem faz por estar, merece todo o nosso reconhecimento. Reciprocidade como lhe costumo chamar. Dás, dou. E vice-versa.

Um beijo*

Algures disse...

Ann,

Ainda bem que a doutrina aqui não se divide. Afinal, as pessoas têm a impressão que merecem. :-)

Beijo*