sexta-feira, 23 de agosto de 2013

O teu olhar...

O teu olhar estava fixado em mim. Não sei porquê, mas mexia comigo de uma forma invulgar. Um olhar inocente, inquiridor, como que perguntando "quem és tu?", "o que fazes aqui?". Perguntas que eu, por mais que te quisesse explicar, não conseguiria. Apesar de não te responder, isso não te demoveu e, continuaste a olhar fixamente. Sim, o teu olhar encantou-me e, felizmente que não alcançava os meus olhos, àquela hora já humedecidos. Felizmente, os meus óculos escuros não revelavam a minha sensível fraqueza. O teu sorriso, sempre acompanhado de uns olhos bem abertos, conquistou-me e pedia mais. Ora, a nossa ligação não passou despercebida àquelas que te acompanhavam e, era por demais evidente que estávamos conectados por algo, que nem tu, nem eu conseguíamos explicar. No fundo, até conseguia fazê-lo e, foi isso que me sensibilizou... o teu ar frágil e belo, de quem não tem mais de dois meses de idade, "apenas" fez despertar os fortes instintos paternais que (ainda) "vivem" em mim... 

E quem diz que o "relógio biológico" é coisa de mulheres, nunca esteve tão enganado na vida. Aqui, ou em Algures onde apenas eu sei...

10 comentários:

S* disse...

É tão bom quando alguém desperta o nosso relógio biológico. :)

Algures disse...

S*,

Ele está cá e a funcionar, como que latente, mas às vezes algo o desperta! Que bebé tão giro! :-)

Beijinho*

nobody listening disse...

que post tão lindo... é lindo o que escreves...

Alexandra disse...

Somente falta que ela surja e que o relógio biológico desperto se transforme numa pequena riqueza humana fruto de dois mundos.


Um beijinho e bom fim-de-semana!

http://www.youtube.com/watch?v=yaJbN7WvV04

Algures disse...

Nobody Listening,

Obrigado. Tentei apenas transcrever o que senti para o "papel". Foi assim... :-)

Beijinho e bom fim de semana!

Algures disse...

Alexandra,

Isso é o mais difícil, não é verdade?! O fruto de dois mundos é uma das mais belas coisas que há e, como tal, não deve surgir de um acaso ou de uma imposição. Quem sabe um dia...

Beijinho e bom fim de semana também para ti... :-)

Alexandra disse...

Difícil? Não acho que o seja, mas um filho deve ser fruto de um verdadeiro amor, a união de dois mundos em apenas um.
A pele da pele, o beijo do beijo e muito mais que dois corações têm para oferecer. Um dia... é isso, um dia acontecerá!


Beijinho grande*

Algures disse...

Alexandra,

Acredita que é. Quanto ao resto, plenamente de acordo, quer quanto à beleza, quanto ao significado.
Talvez um dia...

Bom Domingo!
Beijinho grande*

Freyja Pt disse...

Momentos bons que nos fazem despertar outras coisas que por vezes parecem um pouco adormecidas na nossa vida !

Beijos
**

Algures disse...

Freyja,

Sem dúvida que sim! Despertam e arrancam-nos um sorriso... :-)

Beijos e uma boa semana!