segunda-feira, 24 de junho de 2013

Invadiste-me os sonhos...

"Hoje invadiste-me os sonhos e eu não gosto. Não gosto de acordar com o teu sabor, não gosto de sentir que ainda não te resolvi dentro de mim. Não gosto desta incógnita sobre a minha presença em ti. No sonho ela permanecia. Os abraços e os beijos comprovavam-no. E na realidade? Há ainda algo de mim em ti?"
Autor Anónimo 

4 comentários:

Brigitte disse...

"Há ainda algo de mim em ti?"

É das perguntas mais triste que podemos fazer. Tentar perceber se somos, ou fomos, importantes na vida daquela pessoa da mesma forma que ela é em nós. Infelizmente, faço essa pergunta várias vezes...

LIRIO SELVAGEM disse...

Hummm... isso é tão triste :(
Não saber o que significamos para alguém...

Algures disse...

Brigitte, sabes que depois de ter escrito o post, fiquei com a ideia que esse devia ter sido o título escolhido. Infelizmente ambos fazemos essa pergunta várias vezes e sim, é triste quando ignoramos a importância que temos ou tivemos em alguém. Difícil...

Algures disse...

Lírio Selvagem,
Há coisas que realmente desconhecemos...